Eliminatórias da Copa

A Colômbia venceu o Paraguai, mas o resultado magro não reflete toda a superioridade colombiana

Colômbia venceu, fora de casa, por 1 a 0, mas poderia ter feito muito mais se tivesse aproveitado todas as chances e a superioridade que teve

Invicta nas eliminatórias, a Colômbia venceu o Paraguai fora de casa por 1 a 0 e segue colada na liderança. Apesar de jogar como visitante, o time colombiano dominou praticamente todo o jogo, mas pecou demais em finalizar as jogadas e o placar magro não refletiu isso. Os paraguaios se mostraram perdidos a maior parte do tempo, apesar de terem melhorado um pouco no segundo tempo.

A partida ficou basicamente dividida entre os momentos que a Colômbia dominou o jogo, criando muitas chances com facilidade, mas não conseguindo concluí-las em gol, e os momentos em que a disputa ficou truncada. Quando tinha a bola, o Paraguai parecia perdido e não conseguiu criar muito. A partida também ficou marcada pelos inúmeros pedidos de pênaltis e, inclusive, foi em um deles (o único marcado) que o gol da vitória dos Cafeteros aconteceu.

Domínio completo da Colômbia

Mesmo fora de casa, a Colômbia fez um primeiro tempo como se fosse mandante, com total domínio do jogo desde o início. Logo aos oito minutos, os colombianos abriram o placar em cobrança de pênalti, marcado após toque de mão de Alderete. Borré cobrou firme no meio do gol para deixar o dele. Após o gol colombiano, a partida ficou bem truncada e com muitas faltas, com o Paraguai tendo mais a bola, mas não sabendo o que fazer. Isso, inclusive, foi uma sina da etapa inicial. Toda vez que os paraguaios tinham a bola, eles pareciam não saber o que fazer com ela, se atrapalhando em várias jogadas. Já os Cafeteros sabiam exatamente como produzir com a bola no pé, não à toa criaram algumas chances.

Nos 10 minutos finais do primeiro tempo, a Colômbia quase ampliou o placar. Primeiro, aos 35, Borré recebeu uma linda enfiada de bola de Lerma no meio da defesa, ele dominou já de frente para Coronel, mas bateu para fora ao tentar tirar do goleiro. Sete minutos depois, James Rodríguez recebeu a bola de John Arias na entrada da área, dominou já levantando a bola e bateu bonito buscando o ângulo, mas acabou acertando o travessão.

No segundo tempo, o Paraguai fez algumas alterações e conseguiu entender mais o jogo. Mesmo assim, não conseguiu dominar o jogo e seguiu vendo a Colômbia dominar a partida do jeito que queria. Aos 11 minutos, James Rodríguez deu um cruzamento espetacular de trivela para Luis Diaz na pequena área, mas o atacante viu Coronel crescer na frente dele e fazer uma defesa tão espetacular quanto o passe do colombiano. Os Cafeteros seguiram chegando com perigo no ataque, mas pecando muito na definição das jogadas.

Nos minutos finais, com a diferença mínima, o Paraguai tentou atacar mais, enquanto a Colômbia se defendeu. Aos 40 minutos, o experiente Óscar Cardozo, que havia acabado de entrar, recebeu na área e tocou por cima do goleiro Vargas, mas o lateral Borja estava na cobertura e tirou em cima da linha. Somados os dois tempos, os paraguaios pediram quatro pênaltis em lances diferentes, mas nenhum deles foi marcado.

Colômbia segue próxima do topo e Paraguai na repescagem

Com a vitória, a Colômbia chega ao 17° jogo seguido sem derrota e soma 12 pontos na atual eliminatórias, ficando a um do Uruguai, que assumiu a liderança da Argentina, que encara o Brasil. Já o Paraguai segue com apenas cinco pontos, mas, com as vagas aumentadas, ele ocupa a sétima colocação, que é a que dá direito a repescagem para a próxima Copa.

Foto de Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick

Alecsander Heinrick se formou em Jornalismo na PUC Minas em 2021. Antes da Trivela, passou por Esporte News Mundo, EstrelaBet e Hoje em Dia.
Botão Voltar ao topo