Eliminatórias da Copa

Begovic detona federação de futebol da Bósnia: “Liderada por criminosos”

O goleiro bósnio Asmir Begovic, reserva do Everton, fez duras críticas à federação de futebol do país, NFS BIH. Com 34 anos, o jogador usou as redes sociais para bater forte nos dirigentes, os chamando de criminosos e acusando de transformar a seleção do país em um mecanismo para encher os bolsos dos dirigentes.

O tuíte de Begovic respondia a um jornalista bósnio, Sasa Ibrulj, que criticava o fato do estádio estar vazio para o amistoso contra Kuwait. “Que triste momento para o futebol bósnio. Graças ao grande trabalho das pessoas da NFS BIH nos últimos anos, chegamos ao ponto que ninguém se importa com a seleção”, escreveu.

Begovic retuitou indo além. “Correto. Liderada por criminosos. Vico, Miske, Petev, um bando de agentes. Em vez de se tornar um time de futebol unindo um país, nos tornamos uma página do eBay para encher os bolsos de criminosos”.

O amistoso terminou com vitória da Bósnia por 1 a 0 sobre o Kuwait no sábado. O time vinha de empate por 1 a 1 com a França. Na próxima terça-feira, a Bósnia volta a campo para enfrentar o Kazaquistão. Begovic não é chamado pela seleção bósnia desde outubro de 2020. Não esteve nas convocações de novembro, de março e de junho deste ano.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo