Eliminatórias da Copa

Apesar do 0 a 0 sonolento, o Uruguai teve motivos para reclamar do tropeço no Centenário

Uruguai teve um gol mal anulado durante o primeiro tempo contra o Paraguai, mesmo com uso do VAR

Uruguai e Paraguai são duas seleções mais reconhecidas por suas estratégias defensivas do que exatamente por uma proposta ofensiva. E o encontro de ambas pelas Eliminatórias resultou num jogo travado, que não saiu do 0 a 0 no Centenário. A Celeste possui mais recursos e foi melhor ao longo da noite em Montevidéu, mas não que isso tenha significado tanto. Os charruas pecaram demais na criação das jogadas para alimentar Luis Suárez na frente e, quando balançaram as redes, tiveram o tento anulado erroneamente – mesmo com o uso do VAR no qualificatório.

Com Luis Suárez, mas sem o suspenso Edinson Cavani, o Uruguai apostava em seu renovado meio-campo e numa formação com alas mais soltos – inclusive a presença de Matías Viña como titular. Mas não que a imposição dos celestes tenha sido expressa. Suárez desperdiçou uma grande chance de abrir o placar durante os primeiros minutos, ao cabecear uma bola no susto, enquanto a primeira defesa seria de Fernando Muslera, barrando a batida de Ángel Romero. Já o lance capital ocorreu aos 24 minutos. Num cruzamento mascado de Suárez, Rodrigo Bentancur ajeitou para Jonathan Rodríguez marcar, mas o tento mal foi anulado. Viña estava impedido, mas não participou da jogada, algo ignorado pelo VAR.

O primeiro tempo não teria mais que isso e Óscar Tabárez tentou dar um novo gás na equipe durante a segunda etapa, com as entradas de Lucas Torreira e Facundo Torres. Suárez era quem mais aparecia, mas sem definir da melhor maneira. O Paraguai viveu de espasmos e mal chegou ao ataque na segunda etapa, com Muslera mantendo a segurança quando exigido. Já no fim, o Uruguai ensaiou um abafa sem conseguir muito. No máximo, teria um pedido de toque de mão, que corretamente não foi transformado em pênalti.

Uruguai e Paraguai ocupam a zona de classificação das Eliminatórias. O Paraguai é o quarto colocado, com sete pontos, incluindo uma vitória e quatro empates até o momento. Já o Uruguai tem variado mais e também tem sete pontos, mas com duas vitórias. Os charruas estão em quinto pelo saldo de gols inferior. Os paraguaios são os adversários do Brasil na próxima rodada, em Assunção, enquanto os uruguaios visitam a Venezuela.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo