Copa do Mundo

Conheça os principais estádios da Copa do Mundo no Catar

Conheça quatro dos oito estádios que serão usados na Copa do Mundo FIFA 2022

Com menos de quatro meses para o início da competição, já podemos dizer que os ânimos andam exaltados para mais uma edição da Copa do Mundo da FIFA. Disputado este ano no Catar, este será o primeiro torneio a ser realizado num país árabe e segundo a ser sediado por uma nação asiática.

E um dos maiores atrativos da Copa do Catar serão certamente os estádios utilizados na competição. Os oito estádios que sediarão o torneio estão preparados e prontos, e, apesar de serem grandes elefantes brancos, são alguns dos estádios mais incríveis já utilizados em torneios da FIFA.

Embora sejam impressionantes em arquitetura e design, os oito estádios – o menor número desde a Copa do Mundo de 1978 na Argentina, quando seis estádios foram utilizados em cinco cidades-sede – representam um alívio logístico para os torcedores que assistirão à Copa do Mundo mais cara de todos os tempos.

Isso se deve ao fato de os oito estádios estarem situados em um raio de poucos quilômetros do centro de Doha e serem ligados por um sistema de metrô e bonde, possibilitando assistir a mais de um jogo no mesmo dia para qualquer torcedor que deseje fazê-lo.

Apenas um estádio será designado como sede de um time de futebol quando a competição terminar, alguns dias antes do Natal. Na realidade, metade dos assentos em seis estádios serão removidos e um estádio será completamente desmontado.

A Copa do Mundo FIFA 2022 começa no dia 21 de novembro, com duas partidas válidas pelo Grupo A: Senegal enfrenta a Holanda, e os anfitriões estreiam contra o Equador. De acordo com as projeções em sites especializados, o Brasil é o grande favorito ao título, com odds de 6.00, seguido por França e Inglaterra, com odds de 7.50 e 8.00 respectivamente.

Estádio Nacional de Lusail

Imagem aérea do Lusail Stadium , no Catar (David Ramos/Getty Images)

O Estádio Nacional de Lusail, também conhecido como Estádio Icônico de Lusail, será o principal estádio do torneio e sediará a partida final, além de outras nove partidas ao longo da competição, incluindo dois jogos da seleção brasileira na fase de grupos – contra Sérvia e Camarões.

O estádio foi projetado pela empresa britânica Foster + Partners em parceria com as empresas Populous e MANICA Architecture, e tem capacidade para 80.000 torcedores. Assim como os outros estádios projetados para a Copa do Mundo de 2022, o Estádio Nacional de Lusail será refrigerado por energia solar e terá zero emissão de carbono. 

O projeto do estádio, que foi inspirado pelo “jogo de luz e sombra que caracteriza a lanterna fanar”, um dos principais símbolos da cultura catari, só foi finalmente concluído este ano, muito mais tarde do que o esperado.

A maioria dos assentos serão retirados após a competição e doados a países subdesenvolvidos, já que Lusail, a bilionária cidade planejada, não exigirá seu próprio estádio de futebol após 2022.

Estádio Al Janoub

O estádio Al Janoub, no Catar (David Ramos/Getty Images)

O Estádio Al Janoub, anteriormente conhecido como Estádio Al-Wakrah, homenageia a história náutica da cidade costeira de Al-Wakrah com seu design contemporâneo, inspirado nas velas dos antigos barcos dhow do Catar.

O estádio possui teto retrátil e sistema de refrigeração de última geração para que eventos possam ser realizados durante todo o ano, mesmo no calor escaldante do verão catari. O Al Janoub foi projetado pela falecida arquiteta britânica-iraquiana Zaha Hadid, que faleceu abruptamente de ataque cardíaco em 2016, aos 65 anos. A moderna arena foi a primeira da Copa do Mundo a ser concluída, tendo sido finalizada em maio de 2019.

Para a Copa do Mundo, o estádio terá capacidade para 40 mil torcedores, mas após o torneio, quando se tornará a casa do Al-Wakrah SC, terá sua capacidade reduzida pela metade.

Estádio Al Bayt

O estádio Al Bayt, no Catar (David Ramos/Getty Images)

O Estádio Al Bayt, que sediará a partida de abertura da Copa, é um dos maiores da competição (atrás apenas do Estádio Nacional de Lusail)  e será utilizado até as semifinais do torneio. 

A bayt al sha’ar, tenda típica dos povos nômades do Catar, serviu de inspiração arquitetônica para a arena, construída para simbolizar a hospitalidade árabe. Para evitar o calor, o estádio também terá teto retrátil, já que as temperaturas no Catar podem chegar a 30°C mesmo em novembro.

O Estádio Al Bayt tem capacidade para 60 mil espectadores e está localizado na cidade de Al Khor, a 35 quilômetros de Doha. É o estádio mais distante de Doha, mas os torcedores que não quiserem sair da cidade poderão ficar em um luxuoso hotel cinco estrelas com shopping center que será inaugurado no local.

Estádio Ahmad bin Ali

O estádio Ahmad Bin Ali, no Catar (David Ramos/Getty Images)

Este estádio, que antes era conhecido como Estádio Al-Rayyan e passou por uma mudança de nome, servirá como sede de partidas até as quartas de final e foi projetado para ser uma expressão da cultura do Catar. Desenhos intrincados na fachada retratam vários aspectos da cultura e história do Catar, incluindo sua fauna e sua história de comércio.

O Estádio Ahmad Bin Ali foi construído em Al Rayyan no local do estádio anterior, usando principalmente materiais de construção reciclados. O estádio anterior, que tinha 21.282 lugares quando foi erguido em 2003, foi demolido em 2015. Há 50.000 lugares disponíveis no novo estádio.

O terreno fica próximo ao deserto, então as áreas de hospitalidade e as barracas de mercadorias fora do terreno serão moldadas para se assemelharem a dunas de areia.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo