Brasil

Uniforme 2015 do Santa Cruz muda faixas da camisa e faz referência à torcida e ao Arruda

O Santa Cruz já tem um novo fardamento para a temporada 2015. Os uniformes foram apresentados pela Penalty, fornecedora de material esportivo do clube há seis anos, e trazem uma novidade: as listras horizontais no peito, normalmente no meio da camisa, foram trazidas para cima. Além disso, há referências ao estádio Arruda e à torcida, conhecida por ser apaixonada mesmo nos momentos mais difíceis do tricolor pernambucano.

ESPECIAL: Por que a camisa do seu clube custa tão caro
DESIGN: Estas camisas redesenhadas dos grandes europeus ficaram bem legais
E SE? Se as seleções da Cortina de Ferro ainda existissem, como seriam suas camisas?

Há uma marca d’água na camisa com o desenho da arquibancada do estádio e também uma inscrição com a frase: “Torcida mais apaixonada do planeta”. “A ideia de fazer menções ao estádio e a torcida nas camisas deste ano tem como objetivo destacar a relevância de ambos na trajetória e conquistas do Clube”, disse o diretor de Marketing da Penalty, Rafael Gouveia, em comunicado à imprensa.

A camisa 1, listrada, terá gola V, enquanto a 2, a branca com listras vermelha e preta horizontais, terá gola careca. A Penalty diz que o tecido, 100% poliéster com tratamento bacteriostático, foi desenvolvido especialmente para jogar no Nordeste, por ser mais leve e adequado ao clima da região.

Os uniformes, que já foram suados no clássico contra o Sport, no sábado, 31 de janeiro, terão modelos masculino, feminino e juvenil. As camisas masculinas têm preço sugerido de R$169,99 e feminina e juvenil de R$149,99, segundo a Penalty.

A frente da camisa 2 do Santa Cruz
A frente da camisa 2 do Santa Cruz
As costas da camisa 2 do Santa Cruz
As costas da camisa 2 do Santa Cruz
A frente da camisa 1 do Santa Cruz
A frente da camisa 1 do Santa Cruz
Camisa 1 do Santa Cruz, de costas
Camisa 1 do Santa Cruz, de costas

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo