Brasil

São Paulo tem meio time de selecionáveis como trunfo para chegar à semifinal do Paulista

Rafael, Ferraresi, Arboleda, Bobadilla, Pablo Maia e James Rodríguez estão à disposição para duelo com o Novorizontino

Quando sentar para definir a escalação titular do São Paulo no duelo com o Novorizontino, neste domingo (17), às 18h (horário de Brasília), no MorumBIS, em jogo único pelas quartas de final do Campeonato Paulista, Thiago Carpini terá o luxo de escolher mais de meio time de jogadores de seleção. Não é força de expressão. O Tricolor tem à disposição seis atletas convocados para defender as suas respectivas seleções na próxima Data Fifa.

A partida, aliás, terá um quê de despedida para os jogadores, que devem deixar o estádio e ir direto iniciar as viagens para defender seus países. Rafael e Pablo Maia se apresentam à seleção brasileira em Londres na segunda-feira (18) para os amistosos contra Inglaterra, em Wembley, e Espanha, no Santiago Bernabéu. James Rodríguez tomará o mesmo destino para defender a Colômbia contra Espanha, em Londres, e Romênia, em Madri.

Arboleda, pelo Equador, e Ferraresi, pela Venezuela, viajam para os Estados Unidos. Suas seleções têm amistosos marcados contra Guatemala e Itália. Damián Bobadilla, por sua vez, viaja com o Paraguai rumo a Moscou, onde a sua seleção enfrenta a Rússia no dia 25 de março.

Dos seis convocados, ao menos quatro serão titulares contra o Novorizontino. Rafael, Arboleda, Ferraresi e Pablo Maia têm lugar garantido na equipe. James Rodríguez deve ser alternativa de Thiago Carpini para o segundo tempo, ao passo que Bobadilla também ficará à disposição no banco de reservas.

> Os selecionáveis do São Paulo

  • Rafael (Brasil)
  • Arboleda (Equador)
  • Ferraresi (Venezuela)
  • Bobadilla (Paraguai)
  • Pablo Maia (Brasil)
  • James Rodríguez (Colômbia)

Convocados podem ser problemas em eventual semifinal

Além dos merecidos reconhecimento e valorização que os atletas têm por chegar às suas respectivas seleções, as algumas das convocações também trazem um lado negativo para o São Paulo. Isso, porque o Tricolor pode ter desfalques de peso em uma eventual semifinal do Campeonato Paulista. Claro, para os convocados virarem problemas, o Tricolor precisa primeiro passar pelo Novorizontino neste sábado.

Caso isso aconteça, Rafael, Pablo Maia e James Rodríguez têm presenças (bem) incertas na semifinal, prevista no calendário da Federação Paulista de Futebol (FPF) para o dia 27 de março. Um dia antes, a Seleção enfrenta a Espanha no Santiago Bernabéu, em Madrid. O goleiro, inclusive, é provável titular de Dorival Júnior.

A Colômbia, por sua vez, enfrenta a Romênia no mesmo dia e na mesma cidade, mas em Madrid, com James como referência da equipe. O Tricolor pode até optar por preparar uma logística especial para contar com os atletas à disposição, caso avance, de fato, à semifinal. Tudo dependerá da classificação e do desgaste dos atletas.

O caso de Bobadilla também merece atenção do São Paulo. O jogador defende a seleção do Paraguai contra a Rússia no dia 25 de março. O prazo é curto para que ele retorne à capital paulista a tempo, especialmente com uma logística mais complicada. Sua ausência pode ser um grande problema para o técnico Thiago Carpini. Isso porque o treinador já não conta com Pablo Maia e Luiz Gustavo, que está lesionado. Alisson e os garotos Iba Ly e Negrucci seriam as únicas opções para a posição em uma eventual semifinal.

Os casos de Ferraresi e Arboleda são diferentes. As seleções venezuelana e equatoriana têm amistosos nos dias 21 e 24 de março contra os mesmos adversários – a Guatemala e a Itália – nos Estados Unidos. Com isso, há prazo viável para que ambos estejam à disposição em uma possível semifinal. A depender também de suas condições físicas.

O duelo das quartas de final

O São Paulo avançou às quartas de final na liderança do Grupo D, com 22 pontos — mesma pontuação do Novorizontino, segundo colocado na chave devido à diferença no saldo de gols. As duas equipes agora se enfrentam em jogo único pelas quartas de final no MorumBIS. O Tricolor fechou a fase de grupos com a terceira melhor campanha geral, atrás apenas de Palmeiras, primeiro colocado, e Santos, que ficou em segundo. O rival nas quartas teve a quarta melhor campanha na fase de grupos.

Foto de Eduardo Deconto

Eduardo Deconto

Eduardo Deconto nasceu em Porto Alegre (RS) e se formou em Jornalismo na PUCRS. Antes de escrever para a Trivela, passou por ge.globo e RBS TV.
Botão Voltar ao topo