Brasil

Vitória do Santos faz Carille tomar ‘título’ de Abel Ferreira e transformar São Paulo na sua maior vítima

Fábio Carille recuperou 'título' que já foi seu no passado, mas estava em posse do palmeirense Abel Ferreira

Além de classificar o Santos às quartas de finais do Campeonato Paulista com quatro rodadas de antecipação, a vitória sobre o São Paulo, na noite desta quarta-feira (14), por 1 a 0, no MorumBis, fez o técnico Fábio Carille recuperar um ‘título' que era seu, mas estava em posse do palmeirense Abel Ferreira: o de Rei dos Clássicos estaduais. Junto a isso, considerando apenas os confrontos entre os grandes rivais de São Paulo, o treinador do Peixe, que foi acionado na FIFA pelo V-Varen Nagasaki, do Japão, nesta quinta-feira (15), transformou o Tricolor na sua maior vítima. Agora são oito triunfos em 15 jogos disputados na carreira.

Em termos gerais, Carille chegou ao seu 38º clássico como técnico efetivo. Somado aos 15 duelos contra o São Paulo, o treinador acumula 11 diante do Palmeiras, três perante o Corinthians e nove contra o próprio Santos – enquanto foi treinador do Corinthians.

Ao todo, Carille registra 20 vitórias, nove empates e nove derrotas. São 40 gols marcados e 28 sofridos. Com esses números, o treinador santista deixou Abel Ferreira para trás.

O técnico do Palmeiras também tem 38 clássicos estaduais no currículo. Porém, com 19 vitórias, 12 empates e sete derrotas. Com o português no banco de reservas, o Alviverde marcou 55 gols e sofreu 28. O Peixe foi quem mais sofreu com a chegada de Abel Ferreira no Brasil: são sete derrotas em nove jogos disputados.

Desempenho de Carille nos clássicos Estaduais

  • Carille x São Paulo
    15 jogos: 8 vitórias, 5 empates e 2 derrotas. Foram 18 gols marcados e 11 gols sofridos
  • Carille x Palmeiras
    11 jogos: 7 vitórias, 1 empate e 3 derrotas. Foram 13 gols marcados e 8 gols sofridos
  • Carille x Santos
    9 jogos: 3 vitórias, 3 empates e 3 derrotas. Foram 6 gols marcados e 6 gols sofridos
  • Carille x Corinthians
    3 jogos: 2 vitórias e 1 derrotas. Foram 3 gols marcados e 3 gols sofridos

Números gerais de Carille em clássicos

  • 38 jogos: 20 vitórias, 9 empates e 9 derrotas
  • Gols marcados: 40
  • Gols sofridos: 28

Desempenho de Abel Ferreira nos clássicos Estaduais:

  • Abel x São Paulo
    18 jogos: 6 vitórias, 7 empates e 5 derrotas. Foram 21 gols marcados e 13 gols sofridos
  • Abel x Corinthians
    11 jogos: 6 vitórias, 4 empates e 1 derrota. Foram 20 gols marcados e 9 gols sofridos
  • Abel x Santos
    9 jogos: 7 vitórias, 1 empate e 1 derrota. Foram 14 gols marcados e 6 gols sofridos

Números gerais de Abel em clássicos:

  • 38 Jogos: 19 vitórias, 12 empates e 7 derrotas
  • Gols marcados: 55
  • Gols sofridos: 28

Abel pode recuperar o ‘título' em breve

Como o Palmeiras ainda tem mais dois clássicos para disputar nesta primeira fase do Campeonato Paulista, contra Corinthians e São Paulo, o técnico Abel Ferreira pode recuperar o ‘título' de Rei dos Clássicos nas próximas semanas. Se vencer esses dois confrontos, o português, caso o Palmeiras se classifique às quartas de final, chegará à fase eliminatória da competição com uma vitória a mais que Carille.

O Palmeiras encara o Corinthians no próximo domingo (18), às 18 horas (horário de Brasília), na Arena Barueri, pela 9ª rodada da competição. O embate contra o São Paulo será disputado no próximo dia 3, às 20 horas (horário de Brasília), no MorumBis, pela penúltima rodada da primeira fase do Paulistão.

Carille é acionado na FIFA por ex-clube

Horas depois de deixar o MorumBis com a importante vitória sobre o São Paulo, o técnico Fábio Carille foi informado, por meio de um comunicado oficial do V-Varen Nagasaki, do Japão, seu ex-clube, que estava sendo acionado na FIFA. O clube japonês comunicou que rescindiu o contrato do treinador, que, segundo o clube asiático, tinha validade até dezembro de 2024.

Ainda de acordo com o V-Varen, a quebra do vínculo foi feita sem o pagamento da multa rescisória de US$ 1,5 milhão (aproximadamente R$ 7 milhões). A partir de agora, os japoneses ficam no aguardo da entidade para receber uma indenização financeira.

O Santos contesta a versão do time asiático e alega que Carille estava sem contrato quando foi procurado e contratado pelo Peixe.

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Bruno Lima nasceu em Santos (SP) e se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos (UniSantos) em 2010. Antes de escrever para Trivela, passou por A Tribuna.
Botão Voltar ao topo