Brasil

Garro não é o salvador da pátria, mas já pode (finalmente) estrear pelo Corinthians

Garro treinava com o time desde a pré-temporada, e agora, depois de problemas com seus documentos, pode enfim ir a campo pelo Corinthians, resta saber quem vai comandá-lo

Acabou a novela. Rodrigo Garro foi regularizado e finalmente poderá estrear com a camisa do Corinthians. Nesta terça-feira (06), o nome do jogador apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF, e também já entrou na lista de inscritos no Campeonato Paulista. Com isso o meia argentino pode ser uma possibilidade para a partida diante do Santos, na Vila Belmiro na quarta-feira (07).

O jogador treinava com o elenco desde a pré-temporada, mas ainda não tinha autorização para entrar em campo por conta da falta de documentos enviados pelo seu ex-clube Talleres. Garro foi um dos reforços contratados por Augusto e já tem condições físicas para entrar em campo.

Rodrigo Garro é regularizado no BID da Confederação Brasileira de Futebol

 

O entrave entre Corinthians e Talleres pela liberação dos documentos

Rodrigo Garro foi uma das primeiras negociações da diretoria do Corinthians para 2024. Para ter o jogador, o alvinegro precisou desembolsar 7 milhões de dólares (cerca de R$ 34,3 milhões). A partir daí começou, um cabo de guerra entre o Timão e o Talleres por conta de minutas do contrato.

Na proposta feita pelo alvinegro, o pagamento seria feito de forma parcelada, especificamente em três parcelas, a primeira em fevereiro. Mas o Talleres alega que o acordo foi outro, e informou que só liberaria os documentos depois que o Corinthians pagasse a primeira parcela, no valor de R$ 4 milhões de dólares (R$ 19,6 milhões).

O clube pagou, mas ainda assim, não teve a liberação dos papéis. O argumento mais uma vez era pela divergência no valor depositado pelo Timão na conta dos argentinos. O Corinthians mandou o valor bruto, e o Talleres esperava o líquido, ou seja, incluindo os impostos de transferências bancárias no país vizinho, no valor de US$ 700 mil (cerca de R$ 4,6 milhões na cotação atual).

Sem conseguir resolver o problema, o próprio Garro e seu staff tentaram dialogar com o seu ex-clube, mas também não obtiveram sucesso, e o Corinthians optou por acionar o sistema de transferências da Fifa. O Alvinegro aguardou a liberação, feita no limite do prazo estipulado.

Rodrigo Garro treinou por um mês com Mano Menezes e agora vai para campo sem um treinador no banco

Desde janeiro, Mano Menezes treinou o time contato com Rodrigo Garro no seu meio de campo, setor desfalcado e de grande dificuldade no Corinthians desde a temporada passada, mas não pode contar com essa possibilidade.

Com a demissão do treinador na tarde de segunda-feira (05), Garro vive a mesma incerteza do restante do elenco e da torcida corintiana, que ainda não sabe quem será o novo treinador do clube, e até mesmo quem estará no banco de reservas para o clássico com o Santos.

Corinthians é o segundo clube profissional de Rodrigo Garro

Rodrigo Garro começou no futebol dentro da Fundação Leo Messi, uma entidade que ajuda crianças carentes, depois passou a jogar pelo Atlético de Rafaela e pelo Instituo de Córdoba, onde se profissionalizou. No Talleres, o meia foi contratado em janeiro de 2022, assinando por três anos. Na temporada passada, Garro viveu uma grande fase – foram oito gols marcados e nove assistências em 44 partidas.

Foto de Jade Gimenez

Jade Gimenez

Jornalista, fascinada por esporte desde a infância e transformou a paixão em profissão. Além do futebol, se mantem por dentro de outras modalidades desde Fórmula 1 até NFL. Trabalhou como repórter em TV e rádio cobrindo partidas de futebol, futsal e basquete.
Botão Voltar ao topo