BrasilCampeonato Brasileiro

Os maiores jogos de mata-mata que não aconteceram no Brasileirão

Independentemente de quem saiu vencedor, o Gre-Nal das semifinais da Copa União de 1988 entregou o que prometeu. Foi apelidado de “Gre-Nal do Século” antes de acontecer, e fez jus ao nome. Um grande jogo, com virada espetacular de um time que estava com um jogador a menos. Os gremistas não gostaram, claro, mas foi um momento histórico.

TEMA DA SEMANA: Saudades do mata-mata? Separamos os confrontos mais marcantes do Brasileirão

Agora, já pensou o que aconteceria se o Cruzeiro tivesse eliminado o Inter na fase anterior? E se o Flamengo tirasse o Grêmio? O futebol gaúcho perderia um de seus grandes momentos, como perdeu quando os dois gigantes de Porto Alegre deixaram de se encontrar nas quartas de final da Libertadores de 2011.

O Brasileirão teve grandes duelos de mata-mata, mas também é extensa a lista de jogos incríveis que quase aconteceram. Times que estiveram perto de fazer confrontos sensacionais, mas que acabaram não se cruzando porque alguém tropeçou pelo caminho.

Em homenagem a esses jogaços que nunca deixaram a nossa imaginação, fechamos o tema da semana com os maiores confrontos que o Brasileirão não teve:

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo