Brasil

Sem espaço, Medel pode deixar Vasco na próxima janela e destino seria gigante argentino

Envolvido em polêmicas extracampo e em má fase, o zagueiro Gary Medel perdeu espaço no Vasco após a saída de Ramón Díaz

Um dos heróis do Vasco na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2023 já pode estar de saída do clube. Sem espaço no time após o técnico Ramón Díaz deixar o Cruz-Maltino, o zagueiro Gary Medel deve tentar antecipar o fim do seu contrato com o Vasco. O atual vínculo com o Cruz-Maltino vai até o fim de 2024.

Segundo o jornalista Cesar Luis Merlo, Medel já teria avisado à diretoria do Vasco o seu desejo de deixar o clube na próxima janela de transferências, que abre no dia 10 de julho. E já teria um clube interessado em contar com o experiente zagueiro: o Boca Juniors, da Argentina, time que Medel já defendeu entre 2009 e 2010.

Medel, no entanto, não seria prioridade do Boca para a próxima janela de transferências. O clube argentino analisa a possibilidade, mas não tem, agora, mais vagas para estrangeiros no elenco. Assim, dependeria da saída de algum jogador para poder contratar o chileno de 36 anos.

Medel perdeu espaço no Vasco

No Vasco desde o meio de 2023, Gary Medel foi um dos destaques do time na campanha de recuperação que livrou o clube do rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Na atual temporada, no entanto, o chileno não conseguiu manter o mesmo nível e passou a sofrer críticas de parte da torcida.

Mas, mesmo criticado, Medel era um dos homens de confiança do então treinador Ramón Díaz, que o manteve no time titular e como capitão. No entanto, com a saída do técnico argentino, no fim de abril, o zagueiro perdeu espaço no time. Sob o comando do interino Rafael Paiva, Medel foi para o banco de reservas e não entrou mais em campo. Até o momento, foram quatro jogos entre os reservas.

A chegada do técnico Álvaro Pacheco poderia mudar a situação de Medel, mas o chileno já teria comunicado o seu desejo de deixar o Vasco. Até o momento, Medel disputou 32 partidas com a camica do Vasco.

Medel se envolveu em polêmicas extracampo

Além do começo de temporada ruim, Medel também se envolveu em polêmicas fora de campo em 2024. Apesar de ser o capitão do time, o chileno pouco confraternizava com o elenco. Medel interagia mais com os outros estrangeiros do grupo, o que causava uma resistência com os brasileiros.

E a situação piorou em janeiro deste ano, quando Medel iniciou uma confusão e agrediu o jovem atacante Cauã Paixão, cria da base do Vasco. A falta de punição para o chileno após este caso agravou o incômodo do elenco com Medel, que era visto como protegido da comissão técnica de Ramón Díaz.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Botão Voltar ao topo