Brasil

Possível saída de Luca Orellano pode acontecer em um bom momento para o Vasco; entenda

Atacante Luca Orellano informou ao Vasco que deseja deixar o clube e o futebol brasileiro e não viaja com o elenco para a pré-temporada no Uruguai

O Vasco foi surpreendido, no começo desta semana, com um pedido do atacante Luca Orellano. O argentino de 23 anos pediu para não viajar com o grupo que fará a pré-temporada no Uruguai e revelou o desejo de querer ser negociado para fora do Brasil – preferencialmente para a Argentina. Apesar da frustração com a passagem muito abaixo do esperado até aqui, um possível saída de Orellano pode ter chegado em um momento oportuno para o Vasco.

Depois da reapresentação do elenco, no último sábado, Orellano conversou com a comissão técnica do Vasco e informou o seu desejo de sair do clube. Emiliano Diaz, auxiliar técnico, teria avisado ao jogador que ele terá mais oportunidades em 2024. No entanto, não foi suficiente para o argentino querer ficar no Brasil. A informação foi dada inicialmente pelo “SBT” e confirmada pela Trivela.

Principal investimento do Vasco em 2023, Orellano não se adaptou ao Brasil e quer novos ares fora do futebol brasileiro. Ele estava nos planos da comissão técnica, mas o meia-atacante não foi convencido a ficar. Agora, ele não vai embarcar com o elenco principal para o Uruguai, onde o time vai realizar a pré-temporada e fazer dois amistosos internacionais. Até ser negociado, ele ficará no Rio de Janeiro trabalhando com os jogadores que ficam para a disputa das primeiras rodadas do Carioca.

Recentemente, a imprensa argentina citou um possível interesse do Vélez, clube que o revelou, do Boca Juniors em Orellano. No entanto, o clube ainda não recebeu propostas pelo jogador. Até a chegada do zagueiro João Victor, Luca Orellano era a contratação mais cara da “era SAF”. O Vasco pagou 3 milhões de euros (R$ 15,8 milhões), mas a negociação pode chegar a R$ 22,4, a depender de bônus. A dúvida é se o Cruz-Maltino conseguiria recuperar o valor investido em uma possível negociação.

Na sua primeira temporada pelo Vasco, Orellano marcou apenas um gol (Foto: Leandro Amorim/Vasco)

Saída pode acontecer em momento oportuno para o Vasco

Se, por um lado, a saída de Luca Orellano pode ser frustrante para o Vasco, por outro ela pode chegar em uma boa hora Atualmente, o Vasco contra com seis estrangeiros no elenco. Além de Orellano, o Cruz-Maltino tem os zagueiros Medel e Capasso, o lateral-direito Puma Rodríguez, o meia Payet e atacante Vegetti.

No entanto, o Vasco já tem um acerto com o zagueiro Roberto Rojas. O paraguaio já está no Rio de Janeiro para realizar exames e vai assinar o contrato. Assim, o Cruz-Maltino chegaria a sete estrangeiros no elenco, o número máximo de jogadores de fora do Brasil que podem ser relacionados para uma partida.

Caso o Vasco consiga negociar Luca Orellano, o clube “ganha” uma vaga para estrangeiros no elenco. Como a diretoria segue atenta ao mercado em busca de reforços, a possibilidade de contar com um novo estrangeiro pode ser uma boa oportunidade para o clube. Neste momento, por exemplo, o Vasco tem o interesse e já iniciou as conversas pela contratação do atacante uruguaio Luciano Rodríguez, do Liverpool, do Uruguai.

Mattos mandou recado para o elenco do Vasco

Durante a apresentação do diretor de futebol Alexandre Mattos, na última segunda-feira, o dirigente mandou uma “indireta” para o próprio elenco. Apesar de reforçar que não era direcionada para nenhum jogador, Mattos falou sobre o desejo que os jogadores precisam ter para ficar no clube. Além disso, ele foi direto ao dizer que só ficará no clube quem tiver o desejo de continuar no Vasco.

– O Vasco sempre vai buscar atletas que queiram estar aqui. Aqui, só vai permanecer quem quer ficar. Queremos pessoas dentro da responsabilidade financeira. O futebol hoje está caro. O Vasco vai equacionando as dividas, conseguindo investimentos, melhorando estrutura e melhorando o projeto – afirmou Alexandre Mattos, em entrevista coletiva.

– Se algum jogador sair é porque é bom para o Vasco e porque o jogador quer sair. Não estou falando de casos específicos. Temos que trabalhar melhor para o Vasco. Não estou citando A, B ou C – completou Mattos.

Orellano viveu temporada abaixo do esperado

Pelo dinheiro investido na contratação de Orellano, a torcida do Vasco tinha muitas expectativas com o meia. Mas, o que se viu em campo ficou longe de encantar. Com problemas de adaptação e questões físicas, o argentino foi entrando aos poucos na equipe e só foi titular, pela primeira vez, contra o Flamengo, no meio de junho, pelo Campeonato Brasileiro. Na reta final do Brasileiro, com Ramón Diaz, em muitos jogos Orellano não foi utilizado.

E, logo contra o Cuiabá, pela 31a rodada do Brasileirão, no começo de novembro, quando marcou o seu primeiro gol com a camisa vascaína, Orellano também sofreu uma fratura na mão. Além disso, ele optou por engessar o local da fratura, o que o deixou fora da reta final do Brasileirão. Assim, não voltou mais a jogar pelo Vasco. No total, foram 23 jogos pelo Vasco, sendo apenas seis como titular, e um um gol marcado e uma assistência.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo