Brasil

Maioria dos clubes da Série A pede paralisação imediata do Campeonato Brasileiro

Em nota conjunta, clubes se posicionam de forma favorável à paralisação do campeonato devido à tragédia no Rio Grande do Sul

Na noite desta segunda-feira (13), os clubes que compõem a Liga Forte União decidiram se posicionar, conjuntamente, a favor da paralisação imediata do Campeonato Brasileiro, até o dia 31 de maio, em virtude das fortes chuvas que atingem o Rio Grande do Sul. O bloco envolve 11 times da Série A, ou seja, a maioria dos 20 clubes da elite do futebol nacional.

Os dirigentes dos 11 times se reuniram e debateram o pedido dos clubes gaúchos para o Campeonato Brasileiro ser interrompido, diante da catástrofe natural que atinge o Rio Grande do Sul. O posicionamento da Liga Forte União veio após a CBF enviar ofício solicitando o parecer das equipes em relação à paralisação da competição.

Apesar dos clubes em questão terem emitido o posicionamento nesta segunda-feira (13), a brecha para votação junto à CBF sobre a paralisação do Brasileirão só se dará no dia 27 de maio, quando a entidade convocou o Conselho Técnico da Série A para debater o tema. Indignado com a demora, o Grêmio, através de seu vice-presidente de futebol, Antônio Brum, se manifestou. O dirigente do Tricolor classificou a atitude da CBF como ‘brincadeira de mau gosto’.

A convocação da CBF para reunião extraordinária ocorreu após o Ministério do Esporte pedir à entidade a interrupção do Brasileirão por tempo indeterminado. No último sábado (11), Grêmio, Internacional e Juventude enviaram um ofício solicitando a paralisação do campeonato por até três rodadas.

Confira a nota da Liga Forte União

Nesta segunda-feira, todos os clubes da Liga Forte União se posicionaram perante o ofício enviado pela Confederação Brasileira de Futebol. De forma unânime e em bloco, todos são a favor da paralisação imediata do Campeonato Brasileiro até a data de 31 de maio de 2024. A paralisação se faz necessária como medida humanitária, consensual e de justiça de competição.

Quais são os clubes envolvidos nesta decisão?

Os 11 clubes que decidiram, em comum acordo, apoiar a paralisação do Campeonato Brasileiro, são: Athletico-PR, Botafogo, Cruzeiro, Internacional, Fortaleza, Vasco, Criciúma, Juventude, Fluminense, Atlético-GO e Cuiabá.

O Atlético-GO, ao que tudo indica, mudou seu posicionamento, já que, anteriormente, havia verbalizado apoio à continuidade do campeonato, alegando questões econômicas. Flamengo e Palmeiras mantém o posicionamento a favor da não interrupção do torneio.

Tragédia climática no Rio Grande do Sul já deixou mais de 100 mortos

Em boletim divulgado às 18h (horário de Brasília) desta segunda-feira (13), a Defesa Civil do Rio Grande do Sul atualizou os números da tragédia climática que atinge o estado. São 147 mortos, 806 feridos, 127 desaparecidos e 538 mil desalojados. Ao todo, 2,1 milhões de pessoas e 447 municípios foram afetados.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo