Brasil

Lesão de Mateus Vital pode e precisa abrir espaço para jovens no Cruzeiro

O meia Mateus Vital terá que passar por uma cirurgia no ombro direito e, por isso, nomes como Vitinho, Robert e João Pedro podem ganhar chances no Cruzeiro

O Cruzeiro anunciou, nessa quinta-feira (2), a necessidade de uma intervenção cirúrgica no ombro direito do meia Mateus Vital, de 26 anos, que vinha em momento de ascensão no clube. O camisa 7 voltou a sofrer com um deslocamento no local, onde já teve outros problemas, e deve ficar de fora dos gramados por pelo menos dois meses, apesar de o clube celeste não estimar o prazo de recuperação de seus atletas.

— O Cruzeiro informa que o atleta Mateus Vital foi submetido a exames que identificaram a necessidade de intervenção cirúrgica imediata em seu ombro direito. O procedimento será realizado nos próximos dias, em Belo Horizonte, e será conduzido pelo médico do clube, Dr. Sérgio Campolina. Toda a recuperação acontecerá no departamento de saúde e performance do Cruzeiro. Desejamos uma plena recuperação! — publicou o clube celeste em seu perfil oficial.

Mateus Vital vivia momento positivo no Cruzeiro, apesar de não ser titular da equipe. Nos últimos jogos, o meia saiu do banco de reservas e conseguiu auxiliar o time celeste a melhorar o rendimento nas partidas. O camisa 7, inclusive, marcou um gol importante na partida contra o Fortaleza, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro, empatando o placar nos minutos finais do confronto, após jogada do jovem ponta Robert. Em 2024, Vital fez 13 partidas, marcando dois gols sem dar assistências.

Jovens podem ganhar espaço no Cruzeiro

Apesar de Mateus Vital não ser um titular da equipe, ele vinha entrando constantemente e, por isso, sua lesão pode abrir espaço para jovens jogadores que não vinham atuando com regularidade. Talvez o principal deles seja o meia Vitinho. Camisa 10 do sub-20 celeste em 2023 e na Copinha de 2024, o garoto vinha se destacando sob o comando de Fernando Seabra, mas, promovido ao profissional por Nicolás Larcamón, ainda não estreou pelo time principal do Cruzeiro. Por atuar na mesma função do 7, espera-se que ele ganhe minutos pela Raposa.

Além de Vital, correm por fora jovens de outras posições, mas que podem ser utilizados no segundo tempo das partidas ou, em certos casos, até no time titular. Robert e João Pedro, por exemplo, são pontas que sobem um lugar na fila por oportunidades, já que um dos jogadores mais utilizados por Seabra não está mais disponível.

É importante que agora o Cruzeiro aproveite a infelicidade de Mateus Vital para dar mais oportunidades para seus jovens jogadores, algo que falta em 2024. Muitas das promessas do clube não têm tido minutos, prejudicando a evolução destes atletas, num momento de transição, um dos mais importantes para a carreira. Além disso, alguns deles, como Vitinho, já tem 20 anos, ou seja, se não tiverem chances na atual temporada, poderão ter dificuldades para seguir na Raposa para o ano que vem.

Mas estes nomes ainda enfrentarão as concorrências de nomes mais experientes, que aparecem mais com Fernando Seabra. É o caso de jogadores como Ramiro, José Cifuentes, Álvaro Barreal e Gabriel Veron, que também brigam por espaço no clube celeste.

Adiamento de Cruzeiro x Internacional dá mais tempo de trabalho para Seabra

A partida entre Cruzeiro e Internacional, que aconteceria no sábado (4), às 21h, no Mineirão, foi adiada. As fortes chuvas que castigam o Rio Grande do Sul afetam os deslocamentos no estado, prejudicando os clubes que irão viajar. A CBF adiou todos os jogos envolvendo clubes gaúchos nas competições organizadas pela entidade. O time celeste ainda irá informar o procedimento para quem comprou ingressos. Novas datas ainda não foram definidas.

Sendo assim, Fernando Seabra ganhou mais alguns dias para treinar o time. O técnico vinha reclamando do calendário apertado, que não o permitia realizar atividades completas. O Cruzeiro volta a jogar na terça-feira, 7 de maio, às 21h30 (horário de Brasília), contra o Alianza FC, em jogo válido pela quarta rodada do grupo B da Copa Sul-Americana. O confronto acontecerá no Estádio Armando Maestre Pavajeau, em Valledupar, na Colômbia. No jogo de ida, disputado no Mineirão, empate por 3 a 3 numa atuação bastante criticada da equipe mineira.

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo