Brasil

Hepta consecutivo ou bi depois de 26 anos? Grêmio e Juventude decidem Gauchão

Grêmio, que busca o heptacampeonato consecutivo, e Juventude, que tenta o bicampeonato depois de 26 anos, decidem o Gauchão neste sábado (6)

Tudo se decide neste sábado (6). Às 16h30 (horário de Brasília), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre, Grêmio e Juventude fazem o jogo de volta da final do Campeonato Gaúcho 2024. Após empate por 0 a 0 no último sábado (30), no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul, a disputa está totalmente aberta. Quem vencer será campeão. Novo empate leva para os pênaltis.

Hegemônico no Rio Grande do Sul nos últimos anos, o Grêmio busca o heptacampeonato consecutivo. Se conseguir, igualará marca da década de 1960, quando conquistou os títulos de 1962 a 1968. Já o Juventude, campeão pela primeira e única vez em 1998, está atrás do bicampeonato 26 anos depois.

De olho na final, Grêmio preservou titulares na estreia na Libertadores

A importância dada pelo Grêmio para a final do Gauchão foi refletida na estreia na Libertadores. Time totalmente reserva foi utilizado na derrota por 2 a 0 para o The Strongest, na última terça-feira (2), em La Paz. Os titulares permaneceram em Porto Alegre, onde treinaram no CT Luiz Carvalho sob o comando do auxiliar técnico Alexandre Mendes.

— Eu sou pago para pensar. Eu tenho uma decisão no próximo sábado, e na Libertadores eu tenho mais cinco jogos. Eu poderia trazer dois, três jogadores… e se esses dois, três jogadores se machucam? Como que fica? Faria tudo de novo, até porque eu confio em todo meu grupo — disse Renato após a derrota na Bolívia.

O time de Renato tem apenas uma dúvida para o jogo deste sábado (6). E é em seu setor mais carente. Recuperado de desconforto muscular, Geromel foi relacionado e está concentrado para a partida — assim como todos atletas do elenco, o que demonstra a importância que o Grêmio dá para a decisão. O capitão gremista, que tem contrato somente até a metade do ano, pode erguer seu último troféu pelo clube. No entanto, se não estiver 100%, será mais uma vez substituído por Rodrigo Ely. Na lateral esquerda, após cumprir suspensão em Caxias do Sul, Mayk volta ao time.

Com Edson Carioca recuperado, Juventude deve ter a mesma escalação do jogo de ida

Por outro lado, o Juventude teve a semana inteira para se preparar para o jogo de volta da final. O período foi importante para recuperar o atacante Edson Carioca, que sentiu desconforto muscular ainda no primeiro tempo da partida de ida e foi substituído por Rildo, mas treinou normalmente nos últimos dias. Outra notícia boa que o técnico Roger Machado recebeu foi o retorno do volante Mandaca, que fica à disposição no banco de reservas. A baixa, mais uma vez, será o zagueiro Danilo Boza, lesionado.

Durante a semana, o Juventude trabalhou muito fora do campo para tentar ampliar o espaço de apenas dois mil torcedores destinados aos jaconeros na Arena do Grêmio, o que indignou a direção esmeraldina. Porém, não obteve sucesso. Com ingressos esgotados, mais de 50 mil gremistas estarão presentes.

Prováveis escalações de Grêmio e Juventude

Grêmio: Caíque; João Pedro, Geromel (Rodrigo Ely), Kannemann e Mayk; Villasanti e Pepê; Pavón, Cristaldo e Gustavo Nunes; Diego Costa. Técnico: Renato Portaluppi.

Juventude: Gabriel Vasconcelos; João Lucas, Rodrigo Sam, Zé Marcos e Alan Ruschel; Caíque e Jadson; Lucas Barbosa, Jean Carlos e Edson Carioca; Gilberto. Técnico: Roger Machado.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo