Brasil

Golpe de 1964, 57 anos: lembre como a ditadura militar se apropriou do futebol brasileiro

O golpe de 1964 completou 57 anos neste dia 1º de abril. A data é motivo de disputa, mas Mário Magalhães já esclareceu em seu blog porque a data correta é 1º de abril, não 31 de março. A Trivela jamais deixaria de falar sobre isso. Quando este evento nefasto da história brasileira completou 50 anos, em 2014, fizemos uma série especial de matérias sobre o assunto.

Neste novo aniversário do golpe militar, lembramos como a ditadura militar se apropriou do futebol brasileiro naquele período de 21 anos no poder, que têm repercussões – e sequelas – até hoje. Inclusive no futebol. São cinco matérias que mostram a relação do futebol com a ditadura, tanto do governo, quanto dos clubes e também dos dissidentes. Listamos cada uma delas aaixo. Estudar a história é fundamental. É preciso lembrar da ditadura e o que ela significou para que nunca mais se repita.

LEIA TAMBÉM: O que o relatório da Comissão Nacional da Verdade revela sobre o futebol

Como a Ditadura atrapalhou a evolução do futebol

Ao impor suas políticas dentro do esporte, o governo atrasou em 20 anos a evolução do futebol no País, um preço que pagamos até hoje.

Os insurgentes

Jogadores, técnicos, dirigentes e clubes que, em algum momento, não ficaram calados e manifestaram o descontentamento com o momento que o Brasil vivia.

O futebol no Plano de Integração Nacional

Como o projeto de povoar as diversas regiões do Brasil se refletiu no futebol, com inchaço do campeonato e obras de grandes estádios por todo o País.

A militarização da Seleção

No crescimento de profissionais com formação militar aos métodos de trabalho, a seleção brasileira se militarizou nos anos 70.

O que os clubes fizeram durante a Ditadura

Cartolas submissos e casos isolados de rebeldia marcaram o posicionamento dos clubes durante o governo militar.

Mostrar mais

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.