Brasil

Objetivos do Flamengo no pós Data Fifa vão muito além da vaga na Libertadores

Ainda que Tite tenha citado a classificação como principal meta, Flamengo pode ter progresso muito maior, dentro e fora das quatro linhas

A era Tite começou, de maneira oficial, nesta segunda-feira (16), depois que o treinador foi apresentado de maneira oficial pelo Flamengo à imprensa. Durante a coletiva, o comandante analisou a negociação com o clube, falou sobre possíveis formações e relacionamento com Gabi, mas nenhum assunto teve mais importância do que o objetivo de 2023. Para Adenor, nada é mais importante do que conquistar a vaga na Libertadores.

Por só ter o Campeonato Brasileiro a disputar em 2023, o Flamengo de Tite poderá se preparar com calma para os compromissos que ainda restam. Faltam 12 partidas, que serão cruciais para o planejamento da próxima temporada. Uma dúzia de jogos que define como o Rubro-Negro irá atacar o ano de 2024. Ainda assim, esse pós Data Fifa vai muito além de apenas a busca por um lugar na competição mais importante da América.

Família Tite se formando

Ao longo de uma semana de trabalho, Tite soube chegar devagar e conquistar a confiança do elenco. Muitos já o conheciam de trabalhos na Seleção Brasileira, como Everton Ribeiro, Pedro e Gabigol, outros admiravam de longe. O destaque, contudo, pode ser resumido por aspa do zagueiro Léo Pereira, registrada na última semana, antes de uma festa de aniversário.

— Ele é um cara que preza muito pelo grupo e uma palavra que ele sempre usa é ‘lealdade' então acho que isso vai ser muito importante ali dentro do grupo. A gente teve dois períodos de treinamento e a esperança renovada. Tem tudo pra ser um grande trabalho, é um grande técnico com um grande grupo.

Mesmo que o objetivo inicial seja a vaga na Libertadores, é inegável que existe algo maior por trás desses últimos doze jogos. Se conseguir as vitórias, além da classificação, o Rubro-Negro retomará um fator muito importante para o sucesso de uma equipe: a confiança. O brilho no olhar, citado por Mário Jorge em coletivas, quando ainda era interino, será fundamental para um ano diferente em 2024.

Por isso, segundo apurou a Trivela, Tite tem dado tanta ênfase à conversas e trocas com todo o elenco. O treinador não tem abdicado da parte tática nos treinamentos, claro, mas as ideias partem em conjunto com os jogadores e departamento de futebol. Ao contrário do que se viu anteriormente, nos trabalhos de Vítor Pereira e Sampaoli, o intuito não é monopolizar, e sim dividir as tarefas e integrar os setores do clube.

Os próximos compromissos do Flamengo

Para começar o trabalho, Tite terá uma maratona de partidas. Serão oito compromissos em 24 dias, ou seja, um a cada três, o tempo mínimo oferecido pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) nestes casos. A sequência será decisiva para os planos do Flamengo no Campeonato Brasileiro e durará até a próxima data FIFA, em novembro.

A maioria dos compromissos com a torcida a seu favor, já que o Flamengo fez menos jogos dentro de seus domínios no primeiro turno. Apesar disso, poucos serão no Rio de Janeiro: o Maracanã será fechado depois do clássico diante do Vasco, seguindo o planejamento da Conmebol para a final da Libertadores. O Rubro-Negro até tenta levar o jogo contra o Bragantino, que acontece seis dias antes da decisão, para o estádio, mas dificilmente ganhará a queda de braço.

Tite tem sido uma espécie de paizão nesses primeiros dias de Flamengo (Foto: Gilvan de Souza/CRF)

Ainda assim, serão apenas três jogos como visitante: Cruzeiro, que marca a estreia de Tite, Grêmio, um confronto direto por vaga na Libertadores e Fortaleza, que pode se tratar de um jogo festivo pela conquista da Copa Sul-Americana do Leão do Pici. Uma sequência acessível que, se bem pontuada, encaminha o cumprimento do objetivo principal para o ano que vem.

Cruzeiro x Flamengo – 19/10 (Mineirão)
Flamengo x Vasco – 22/10 (Maracanã)
Grêmio x Flamengo – 25/10 (Arena do Grêmio)
Flamengo x Red Bull Bragantino – 28/10 (A definir)
Flamengo x Santos – 02/11 (Mané Garrincha)
Fortaleza x Flamengo – 04/11 (Arena Castelão)
Flamengo x Palmeiras – 08/11 (Maracanã)
Flamengo x Fluminense – 11/11 (Maracanã)

A sequência que sucede a Data FIFA, que interromperá a maratona do Flamengo, é até mais tranquila. É possível que o Rubro-Negro já esteja bem encaminhado com a vaga na Libertadores, mas, se ainda precisar pontuar, há margem. Serão quatro confrontos: viaja para enfrentar o já rebaixado América-MG, recebe Atlético-MG e Cuiabá em sequência e, para fechar, visita o São Paulo, campeão da Copa do Brasil e sem nada por disputar na liga nacional.

A situação do Flamengo no Brasileirão

No momento, o Flamengo ocupa a quinta posição no Campeonato Brasileiro, com 44 pontos. O desperdício de jogos com alto potencial de pontuação, especialmente no início do segundo turno, que coincidiu com a derrocada final no trabalho de Sampaoli, deixou o sonho do título muito distante. Por isso Tite bateu tanto na tecla de que o objetivo imediato é a vaga na Libertadores.

Apesar dos tropeços, o Flamengo se mantém no grupo de classificação da Libertadores, já que a maioria das equipes da parte de cima da tabela começaram a reta final em período de oscilação, com exceção do Red Bull Bragantino, do português Pedro Caixinha. O Rubro-Negro, inclusive, está a dois pontos do vice-líder, que é justamente a equipe de Bragança Paulista.

O próximo compromisso do Flamengo é diante do Cruzeiro, na quinta-feira (19), às 19h (de Brasília), no Mineirão. O adversário luta contra o rebaixamento e, mesmo jogando fora de casa, o Rubro-Negro espera uma vitória na estreia de Tite que, inclusive, pode render a vice-liderança do Brasileirão.

Veja a parte de cima da tabela

  1. Botafogo – 55 pontos (+26 de saldo)
  2. Red Bull Bragantino – 46 pontos (+13 de saldo)
  3. Grêmio – 44 pontos (13 vitórias e +7 de saldo)
  4. Palmeiras – 44 pontos (12 vitórias e +18 de saldo)
  5. Flamengo – 44 pontos (12 vitórias e +7 de saldo)
  6. Fortaleza – 42 pontos (+7 de saldo)
  7. Fluminense – 41 pontos (12 vitórias e +3 de saldo)
  8. Athletico Paranaense – 41 pontos (11 vitórias e +8 de saldo)
  9. Atlético-MG – 40 pontos (+9 de saldo)
  10. São Paulo – 35 pontos (+4 de saldo)
Foto de Guilherme Xavier

Guilherme Xavier

É repórter na cobertura do Flamengo há três anos, com passagens por Lance! e Coluna do Fla. Fã de Charlie Brown Jr e enxadrista. Viver pra ser melhor também é um jeito de levar a vida!
Botão Voltar ao topo