Brasil

Fifa aguarda acordo assinado por Santos e Krasnodar para derrubar transfer ban

Santos acredita que receberá um posicionamento da entidade até o início da próxima semana

Com o término do Campeonato Paulista, o Santos tem feito movimentações no mercado para reforçar o elenco que disputará a Série B do Campeonato Brasileiro. O Peixe tem algumas possibilidades encaminhadas, mas para oficializá-las ainda precisa receber o aval da Fifa, por conta do transfer ban envolvendo o Alvinegro e o Krasnodar, da Rússia. Os dois clubes têm um acordo apalavrado desde a semana passada e o mesmo se encontra em fase de assinaturas para ser encaminhado à entidade que comanda o futebol mundial.

Santos e Krasnodar entraram em entendimento, com a ajuda do Rei Pelé, para que os US$ 4,5 milhões (R$ 22,7 milhões na cotação do dia) sejam quitados pelo Peixe por meio de quatro parcelas. A primeira, inclusive, segundo o apurado pela Trivela, será paga no final deste mês.

A dívida é referente à aquisição do meio-campista peruano Cristian Cueva, em 2019, mas que vinha se arrastando desde então.

O que falta para o acordo entrar em vigor?

Ainda conforme as informações obtidas pela Trivela, assim que o acordo for assinado por Santos e Krasnodar, o documento será enviado à Fifa para que a mesma dê baixa na punição aplicada ao time da Vila Belmiro e comunique a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Internamente, os aliados mais próximos do presidente Marcelo Teixeira acreditam que todo esse processo estará resolvido nos primeiros dias da próxima semana.

Até quando o Santos pode contratar?

A partir da comunicação da Fifa, o Santos terá até o próximo dia 19 para registrar novos jogadores visando o início da Série B. Caso isso não ocorra, o Peixe terá que esperar a abertura da próxima janela de transferências internacionais, entre 10 de julho e 2 de setembro, para contar com reforços.

Como o Santos usou o legado de Pelé?

Sabedor de que o Krasnodar estava incomodado com o comportamento do Santos em relação à dívida, o presidente Marcelo Teixeira, por iniciativa do vice Fernando Bonavides, convidou o ex-goleiro e filho do Rei Pelé, Edinho, para participar da reunião virtual com os dirigentes russos no último dia 2.

De acordo com os bastidores da reunião, a presença de Edinho no encontro desarmou os representantes do Krasnodar, que, até então inflexíveis, ficaram honrados de estarem em contato com o filho do maior jogador de todos os tempos em uma reunião de negócios.

A ideia de ter Edinho, representando o que há de maior na história do Santos, e Teixeira, autoridade máxima do Peixe atualmente, visou dar uma clara demonstração de consideração ao clube russo, que se convenceu a parcelar a dívida.

Quem pode chegar ao Santos?

Baseado naquilo que foi passado à Trivela, o jogador mais próximo do CT Rei Pelé é o atacante Maceió, de 20 anos, que disputou o último Paulistão pela Portuguesa.

As tratativas seguem em andamento e a expectativa é de que o acerto seja confirmado até o início da próxima semana. Neste momento, a negociação depende do modelo de transferência.

Atleta do São Caetano, Maceió está emprestado à Portuguesa até agosto deste ano. A cúpula alvinegra discute com a diretoria do São Caetano as condições para uma hipotética aquisição ou mesmo o empréstimo do jovem.

Vale lembrar que o lateral-direito Rodrigo Ferreira, contratado do Mirassol e com passagem pelo Grêmio, já treina há algumas semanas no clube.

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Bruno Lima nasceu em Santos (SP) e se formou em Jornalismo na Universidade Católica de Santos (UniSantos) em 2010. Antes de escrever para Trivela, passou por A Tribuna.
Botão Voltar ao topo