Brasil

Após ano recorde no Fluminense, Esquadrilha 07 é aposta de Xerém em 2024

Geração de Matheus Reis, Riquelme Felipe, Isaque e muitos outros é a esperança da base do Fluminense em 2024

O Fluminense conquistou 24 títulos nas categorias de base em 2023, um recorde histórico em Xerém. A Fábrica de Talentos do CT Vale das Laranjeiras é conhecida por revelar grandes jogadores e suas taças, e a próxima geração que promete dar o que falar é a Esquadrilha 07. O apelido é por isso mesmo: só tem avião no time.

Os jovens nascidos em 2007, ainda no primeiro ano da categoria sub-17, conquistaram muito na temporada. Foram sete taças: Scopigno Cup-ITA Sub-16, Heemskerk Cup-HOL Sub-16, Copa Rio Sub-16, Copa Olaria Sub-16, Campeonato Carioca Sub-17, Recopa Carioca Sub-17 e Taça Guanabara Sub-17.

Fluminense conquistou sete títulos com a Esquadrilha 07 em 2023 - Foto: Leonardo Brasil/FFC
Fluminense conquistou sete títulos com a Esquadrilha 07 em 2023 – Foto: Leonardo Brasil/FFC

Os principais nomes da Esquadrilha reforçaram o sub-17 do ano passado. Foram três de cinco títulos disputados: Carioca, Recopa e Taça Guanabara. O time [e comandado desde 2021 pelo técnico Rômulo Rodriguez, que vem subindo categoria a categoria com os jovens.

Jogadores como Matheus Reis, Riquelme Felipe, Isaque, Gorgulho e Wallace Davi tiveram o reforço de Kauã Elias e seus companheiros em 2023. Agora, em 2024, mais maduros, são a grande aposta do Fluminense.

Quem são os destaques da Esquadrilha 07 do Fluminense

  • Riquelme Felipe

O nome é de craque e a posição é a mesma. Meia, Riquelme tem passagens pela Seleção Brasileira sub-17 e teve ano mágico em 2022. Após bom 2023, subiu aos juniores para disputar a Copinha e chegou a ser titular na categoria de cima. Canhoto, arisco e inteligente, o jovem de 17 anos é uma das grandes esperanças do Fluminense nas divisões de base. Divide com Isaque e Matheus Reis o protagonismo da geração.

  • Isaque

Carrasco, decisivo e artilheiro. Isaque é o típico jogador que costuma brilhar em finais e clássicos no Fluminense. Em 2022, o ano perfeito da Esquadrilha 07, ele marcou gols em todas as finais, foi eleito o melhor jogador da Copa Nike e faz grande dupla com Riquelme desde que chegou. Joga de meia e nas pontas, trocando de posição. Precisa maturar fisicamente, mas promete e muito.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Isaque Silva (@isaque_oficial07)

  • Matheus Reis

O “mexicano” Matheus Reis é outro que se destaca muito nas divisões de base. O jovem atrai a atenção de gigantes europeus pelo toque refinado, pelos dribles e velocidade. Aos 17 anos e filho do ex-volante Elias Reis, o jovem foi chamado ao Sul-Americano Sub-17 com a Seleção Brasileira já em seu primeiro ano na categoria, acabou alçado ao Sub-20 e foi relacionado para jogos do profissional.

 

Ver esta publicação no Instagram

 

Uma publicação partilhada por Matheus Reis (@matheusreis_07)

 

Esquadrilha teve invencibilidade de um ano e 2022 perfeito no Fluminense

Depois da “Geração de Ouro” e da “Geração dos Sonhos”, que revelaram nomes como André, Calegari, João Pedro, Luiz Henrique, Kayky, Martinelli, Matheus Martins e Marcos Paulo, a próxima promete ser ainda mais vencedora.

A geração não é conhecida apenas pelo bom futebol, mas pela fama de papa-títulos. Tudo ficou mais claro em 2022, quando o time sub-15 acumulou números impressionantes. Foram 34 jogos, 26 vitórias, sete empates e apenas uma derrota.

Esquadrilha 07 virou final do Carioca na Gávea sobre o Flamengo e deu título ao Fluminense em ano perfeito - Foto: Leonardo Brasil/FFC
Esquadrilha 07 virou final do Carioca na Gávea sobre o Flamengo e deu título ao Fluminense em ano perfeito – Foto: Leonardo Brasil/FFC

A equipe teve um 2022 perfeito, conquistando todos os campeonatos possíveis na categoria: o Campeonato Carioca, a Copa Rio, a Recopa Carioca e a Copa Nike (torneio nacional, o Brasileiro da categoria).

Até ser derrotado pelo Flamengo em novembro 2022 no primeiro jogo da final do Carioca — que o Fluminense viraria, na Gávea, com um 4 a 2 e vitória nos pênaltis —, o time ficou um ano sem perder. Antes disso, a última derrota tinha sido para o mesmo rival, no Metropolitano sub-14, em novembro de 2021.

Fluminense quer título inédito na Copa do Brasil Sub-17

Uma das competições que o Fluminense tem como objetivo em 2024 é a Copa do Brasil Sub-17. O Tricolor não disputou a competição em 2023 e volta a ela pelas mãos da própria Esquadrilha.

Será a primeira grande competição e a estreia da geração em 2024. O primeiro jogo é contra o Porto Vitória-ES, em 28 de fevereiro, por ora em Xerém, ainda sem horário definido.

 

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Caio Blois nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e se formou em Jornalismo na UFRJ em 2017. É pós-graduado em Comunicação e cursa mestrado em Gestão do Desporto na Universidade de Lisboa. Antes de escrever para Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo