Brasil

‘Não gostamos de ganhar assim’: Emiliano Diaz critica atuação do Vasco em classificação na Copa do Brasil

Comissão técnica do Vasco evitou comemorar a classificação no gramado de São Januário depois da vitória nos pênaltis sobre o Água Santa, nesta quinta-feira, pela Copa do Brasil

Mesmo depois do drama e do alívio com a classificação para a terceira fase da Copa do Brasil, a comissão técnica do Vasco não ficou satisfeita com o jogo contra o Água Santa, na noite desta quinta-feira (7), em São Januário. Depois do empate em 3 a 3, que terminou com a vitória nos pênaltis por 4 a 1, o auxiliar técnico Emiliano Diaz falou sobre o sentimento da comissão com a partida, em que o Vasco saiu vencendo por 2 a 0, levou a virada e buscou o empate no fim.

Logo depois da vitória nos pênaltis, o técnico Ramón Diaz deixou o campo direto para o vestiário e não comemorou com os jogadores no gramado. Questionado sobre a falta de comemoração, Emiliano Diaz afirmou que, agora, na segunda temporada no clube, eles esperam mais do time.

— O time está trabalhando há sete meses e chega a um nível que gostamos e trabalhamos para isso, mas depois fazemos um segundo tempo totalmente diferente. Não gostamos. Temos que fazer aquela primeira parte durante os 90 minutos. Como treinadores, não ficamos contentes. Em outro Vasco, com outra mentalidade, poderíamos comemorar assim. Mas não gostamos de ganhar assim. Fizemos muito para ganhar de outra forma – afirmou Emiliano Diaz em entrevista coletiva.

Emiliano Diaz afirmou, com um certo exagero, que o Vasco fez um bom primeiro tempo. O Cruz-Maltino teve bons 20 minutos, mas depois o jogo ficou aberto e o Água Santa cresceu na partida, tanto que descontou pouco antes do intervalo. Depois, na segunda etapa, o Cruz-Maltino foi envolvido pelo Água Santa. E Emiliano foi direto sobre a avaliação da etapa final do Vasco.

— Fizemos nossos melhores 45 minutos desde que chegamos ao Vasco. No segundo tempo, entramos num jogo que não tínhamos que entrar, de contragolpes. No segundo tempo, não gostei de nada. Temos que seguir melhorando. Continuar com o primeiro tempo e melhorar – disse Emiliano.

Emiliano Diaz elogia força do elenco do Vasco

Apesar de ter criticado a atuação do time, Emiliano Diaz elogiou a força do grupo para buscar o empate nos minutos finais da partida contra o Água Santa e levar a decisão para os pênaltis.

— Depois do jogo, sempre teremos coisas a analisar e a melhorar. A herança que deixa este jogo é que temos que jogar da forma que acreditamos, da forma que aconteceu no primeiro tempo. E manter essa forma durante os 90 minutos. Uma vez mais, apesar de fazer um segundo tempo horrível, o time reagiu. Estou chateado, mas não tanto porque temos que valorizar a fortaleza desse grupo, apesar de não ter gostado nada do segundo tempo – disse Emiliano.

Emiliano Diaz também evitou fazer comparações com as eliminações recentes do Vasco na Copa do Brasil. Nos últimos dois anos, o Cruz-Maltino caiu na segunda fase, para o ABC, em 2023, e para a Juazeirense, em 2022. Mas o auxiliar técnico ressaltou a “evolução” do clube.

— Não gosto de falar do ano passado, pois a gente não estava aqui no começo. Mas a evolução é clara. O time está ganhando a identidade de jogo que estamos trabalhando para ter. Com a quantidade de jogos no ano passado, não havia tempo de trabalhar. Vimos que ano passado ficou fora depois dos pênaltis. Mas é outro time, outro Vasco, outra cabeça. A torcida acompanhou até o fim. É outro momento do Vasco, com todos juntos. É ter isso na cabeça, de ser um novo Vasco, de ter a mentalidade de brigar em cima – finalizou Emiliano.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo