Brasil

Mais um português? Brasileirão pode ter mais um treinador estrangeiro

Técnico do Vitória de Guimarães, Álvaro Pacheco está em negociações para assumir o comando do Cuiabá

Abel Ferreira, António Oliveira, Artur Jorge e Pedro Caixinha são os treinadores portugueses que comandam equipes no Brasileirão de 2024. E agora, mais um compatriota dessa seleta turma pode chegar a um clube da elite do futebol nacional. Segundo o site português O Jogo, o Cuiabá está interessado e já negociando com Álvaro Pacheco, treinador do Vitória de Guimarães.

A publicação portuguesa informa que dirigentes do time do Mato Grosso inclusive estão em Portugal, para negociar com o estafe do treinador. Nesta segunda-feira (29), houve um almoço para se negociar entre as partes, mas o próprio Pacheco foi ausência do encontro por motivos pessoais.

Porém, além de convencer o técnico português a se mudar para o Brasil, o Cuiabá precisará se acertar com o clube de Pacheco. A publicação informa que o técnico tem contrato com o Vitória de Guimarães por mais um ano, e que para liberá-lo, o time europeu espera receber o pagamento de 1 milhão de euros, valor total da cláusula de rescisão.

Situação crítica

Preocupado com o andar da temporada, o Cuiabá está sem um treinador definido desde fevereiro, quando António Oliveira optou por se transferir ao Corinthians, para a vaga de Mano Menezes. Nesse meio-tempo, Luiz Fernando Iubel assumiu a vaga interina, e desde então vem comandando a equipe, que foi campeã mato-grossense, e disputando o Campeonato Brasileiro e a Copa Sul-Americana.

Porém, a goleada sofrida contra o Atlético-MG por 3 a 0 fez a diretoria acelerar o passo. Lanterna do Brasileirão de 2024, o Cuiabá ainda não fez nenhum ponto, e sequer anotou um gol ainda na competição nacional. Além disso, a diretoria do clube afastou Deyverson nos últimos dias por problemas disciplinares.

Quem é Álvaro Pacheco?

Centroavante de times pequenos em Portugal, Álvaro Pacheco passou a atuar como técnico em 2009, e foi auxiliar de Miguel Leal até 2018. Desde então, ele ganhou destaque como treinador do Vizela, levando a equipe da terceira divisão para a elite do futebol português para a temporada 2021/2022. Após ser demitido, ele voltou a se destacar no Estoril, e treina o Vitória de Guimarães em outubro do ano passado.

Desde a sua chegada, a equipe alvinegra melhorou bastante, e ocupa atualmente a quinta colocação da Liga Portugal, com 60 pontos, a dois do Braga e três do Porto, o terceiro colocado no torneio.

Conhecido por sempre usar uma boina na cabeça e pelo carisma em entrevista com jornalistas, Pacheco poderá ter a oportunidade de ter sua primeira experiência fora de Portugal no Brasil. Por mais que sua possível estreia seja em um time com um ambiente mais tranquilo, a necessidade de resultados melhores e o clima bem diferente podem dificultar sua adaptação. Mesmo assim, o histórico recente de António Oliveira faz com que a diretoria aposte em mais um português, que seria o quinto do Brasileirão, ao menos por enquanto.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo