Brasil

Corinthians pode ter retorno importante para enfrentar o Fluminense no Brasileirão

Zagueiro Gustavo Henrique se recupera de dengue e espera estar à disposição do técnico António Oliveira no domingo

Em preparação para enfrentar o Fluminense, no próximo domingo (28), pela quarta rodada do Campeonato Brasileiro, o Corinthians teve uma boa notícia. Nesta quinta-feira (25), o zagueiro Gustavo Henrique, em recuperação de um quadro de dengue, realizou as primeiras atividades no CT Joaquim Grava.

Gustavo Henrique fez trabalhos na academia, sob as orientações da equipe de preparação física, mas não tocou na bola. A tendência é que ele seja reintegrado ao grupo nas próximas duas atividades. No mais, o técnico António Oliveira promoveu um treino de passes com o restante do elenco e, em seguida, um enfrentamento em campo reduzido.

O Timão recebe o Fluminense, na Neo Química Arena, às 16h (horário de Brasília).

Lacuna na zaga

O retorno de Gustavo Henrique é muito aguardado pela comissão técnica de António Oliveira. Isso porque a atuação desastrosa de Raul Gustavo, escolhido para ocupar a vaga do zagueiro na última terça-feira (23), contra o Argentinos Juniors, foi um sinal de que há uma lacuna no sistema defensivo.

Na reserva, além de Raul, estão Cacá e Caetano, mas ambos têm poucos minutos com António. Inclusive, Caetano foi o que mais perdeu espaço. Foram nove participações no Campeonato Paulista — a maioria delas com Mano Menezes. No entanto, somente quatro delas aconteceram com o novo comandante.

Moscardo trabalha no CT

O volante Moscardo, que retornou de Dubai recentemente, também realizou atividades no CT Joaquim Grava. Em tratamento após uma cirurgia no pé, o jovem apareceu no gramado para um trabalho sob a supervisão dos preparadores físicos.

Gabriel Moscardo foi vendido ao Paris Saint-Germain por 20 milhões de euros (cerca de R$ 107 milhões). Por conta dos exames que apontaram uma lesão no pé esquerdo do jovem e a necessidade de uma cirurgia, o jogador está emprestado pelo clube francês até o fim de junho. Ele deve se recuperar e ficar à disposição de António Oliveira em maio.

No início do ano, ele passou por uma cirurgia no Catar, na estrutura oferecida pelo PSG e, desde então, toda a recuperação tem sido todo realizado nas dependências do Corinthians. No entanto, pode ser que o jovem de 19 anos não seja aproveitado pelo Alvinegro paulista no Brasileirão.

Expulsão de Raul Gustavo preocupa comissão

Um dos momentos mais bizarros dos últimos anos do futebol aconteceu na expulsão de Raul Gustavo. O zagueiro, que fazia uma partida ruim tecnicamente, foi expulso aos 13 minutos do segundo tempo por agredir o bandeirinha.

Após uma dividida, o defensor tentou pegar a bola para atrasar a cobrança de lateral e se estressou com o adversário. Para impedir que a tensão virasse uma briga, o assistente, que estava ao lado do lance, se colocou entre Raul Gustavo e o outro jogador. Na tentativa de acalmar os ânimos do zagueiro, Cláudio foi empurrado e, na sequência, recebeu um safanão do camisa 34, que tentava empurrá-lo mais uma vez.

Após a agressão, o árbitro Piero Maza sacou imediatamente o cartão vermelho e aplicou a punição ao jogador.

A situação gerou preocupação na comissão técnica, principalmente pelo ataque de raiva que o atleta apresentou. Raul Gustavo emitiu uma nota pedindo desculpas pela situação.

Foto de Livia Camillo

Livia Camillo

Formada em jornalismo pelo Centro Universitário FIAM-FAAM, escreve sobre futebol há cinco anos e também fala sobre games e cultura pop por aí. Antes, passou por Terra, UOL, Riot Games Brasil e por agências de assessoria de imprensa e criação de conteúdo online.
Botão Voltar ao topo