Brasil

A caminho do Corinthians, preparador físico Reverson Pimentel se despede do Grêmio após três anos

Desde 2021 no Grêmio, preparador físico Reverson Pimentel se despediu do Tricolor Gaúcho e aceitou proposta do Corinthians

Após pouco mais de três anos, o preparador físico Reverson Pimentel se despediu do Grêmio na sexta-feira (16). O profissional de 42 anos está a caminho do Corinthians, onde fará parte da comissão técnica de António Oliveira.

Depois da saída do preparador físico Diogo Linhares, que deixou o Corinthians juntamente com o técnico Mano Menezes e o auxiliar técnico Sidnei Lobo, quem vinha acumulando a função, interinamente, era o coordenador de performance Walmir Cruz. Ele cuidou da preparação dos atletas nos jogo contra Santos, Portuguesa e Botafogo-SP, pelo Campeonato Paulista.

Financeiramente, a proposta do Corinthians era vantajosa para Reverson — embora o Grêmio tenha tentado cobri-la. Também pesou o desejo do preparador físico de estar perto da família, já que ele é natural de São Paulo.

Reverson retorna para onde iniciou a carreira de preparador físico

A ida de Reverson para o Corinthians se trata, inclusive, de um retorno, já que o profissional iniciou sua trajetória como preparador físico nas categorias de base do Timão, em 2002. Ele deixou o clube em 2007, quando começou a trabalhar com equipes profissionais. Reverson passou por XV de Jaú, Grêmio Barueri, Criciúma, Mogi Mirim, Joinville, Ceará, Bahia, Vitória, Goiás, RB Brasil e RB Bragantino antes de chegar ao Grêmio para a temporada 2021.

O primeiro ano em Porto Alegre foi complicado, com o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro e o trabalho com quatro treinadores diferentes — Renato Portaluppi, Tiago Nunes, Felipão e Vagner Mancini. Entretanto, o trabalho de Reverson sempre foi muito valorizado nos bastidores do Tricolor Gaúcho, e culminou em uma convocação para a Seleção Pré-Olímpica de Ramon Menezes, para amistosos contra Marrocos, em novembro de 2023.

O Grêmio ainda não definiu quem será o substituto de Reverson. Atualmente, o clube conta com Mário Pereira e Gabriel Gindri Alves como auxiliares de preparação física. São eles que darão prosseguimento ao trabalho até a chegada de um novo profissional.

Reverson se despede do Grêmio em suas redes sociais

Em publicação em suas redes sociais, Reverson se despediu do Grêmio. Confira:

Quantas possibilidades encaramos quando escolhemos um caminho, guiados pelo coração, pela certeza de buscar o bem e o desejo de fazer a diferença na vida das pessoas? Na vida, um ponto não é ligado ao outro por uma reta. O trajeto pode ser tortuoso e íngreme. O segredo é olhar para a frente e não parar. Três anos depois de desembarcar em Porto Alegre para defender as cores do Grêmio, encaro hoje a hora de me despedir desse clube Imortal e ao qual aprendi a respeitar e admirar. Ao longo de três temporadas e dois meses, pude conhecer mais que um Clube: fiz parte de uma família chamada Grêmio. Por aqui, entendi o que é a cultura de torcer por uma instituição e encarei com prazer a responsabilidade defender três cores carregadas de história e identidade. Dentro de campo, buscando sempre o máximo do desempenho e trabalhando com alegria em cada sessão de treino, tive a satisfação de comandar a preparação física em três títulos do Campeonato Gaúcho, parte do hexacampeonato que o Tricolor defende nesse ano, e três conquistas da Recopa Gaúcha o Vice Campeonato Brasileiro . E como o caminho não se faz somente de alegrias, sei que encarei com humildade os momentos difíceis, de onde absorvi sabedoria e aprendizado. Foi também pelo Grêmio que alcancei o sonho de defender a Seleção Brasileira, sonho de todo profissional do futebol e do qual nunca esquecerei. Com muita gratidão, deixo meu abraço aos técnicos com quem compartilhei ideias, sessões no campo, debates e alegrias. Fica o agradecimento especial ao atual comandante Renato Portaluppi, a quem conheci logo em minha chegada em 2021 , e com quem divido o dia a dia do CT Luiz Carvalho há um ano e meio. E lembrarei com respeito, e gratidão pela confiança, da convivência com Tiago Nunes, Vagner Mancini, o histórico ídolo tricolor e brasileiro Felipão e Roger Machado. Com todos estabeleci relações de que me orgulho.Fica também meu abraço aos atletas que passaram pelo Grêmio e aos que compõem esse grupo de convivência e energia tão positivas. Dessa família, sobre a qual sempre ouvi, terei agora o prazer de falar: um vestiário amigo, leal e comprometido com o Clube e sua torcida. Não menos importante, faço reverência a todos os funcionários do dia a dia do Centro de Treinamentos. Sem cada um dos funcionários do vestiário, o sucesso não seria alcançado. Por fim, deixo um abraço do e a minha gratidão a cada um dos 10 milhões de torcedores do Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense. Não há satisfação maior do que encontrá-los na Arena ou em cada canto do Brasil. Agora vem um novo capítulo. Ao lado de minha família, pilar que sustenta minha carreira e me motiva diariamente, vou em busca de novos objetivos, de espalhar o bem e fazer a diferença na vida das pessoas, com um sorriso no rosto e vontade humildade sempre. Obrigado, Grêmio.

Foto de Nícolas Wagner

Nícolas Wagner

Gaúcho e formado em Jornalismo pela PUC-RS, já passou pela Rádio Grenal e pela RDC TV. É, também, coordenador de conteúdo da Rádio Índio Capilé.
Botão Voltar ao topo