Brasil

Corinthians teme debandada após Mosquito e Arthur Sousa pedirem rescisão

Timão se respalda juridicamente para evitar novas surpresas e retaliações

Os pedidos de rescisão contratual dos atacantes Arthur Sousa e Gustavo Mosquito, via Justiça do Trabalho, abriram precedentes para que outros atletas deixem o Corinthians.

O clube teme uma debandada e já acionou o departamento jurídico para resolver a situação e, também, se precaver de novas surpresas. 

Em março deste ano, a diretoria corintiana quitou dívidas de salário e direitos de imagem com os atletas, mas ainda restaram algumas pendências, como o recolhimento de FGTS. Essa inclusive, é a origem das dívidas cobradas por Arthur e Mosquito.

Ambos nem compareceram ao CT Joaquim Grava para o treinamento desta quarta-feira (3), véspera do jogo contra o Vitória, pelo Brasileirão. 

A informação sobre a ação movida por Mosquito foi divulgada inicialmente pela Rádio Bandeirantes. Já em relação a Arthur Sousa, pela Central do Timão

Nos bastidores, o Corinthians tenta resolver os débitos com os atletas o mais rápido possível. Encontrar alternativas para solucionar esse problema é, inclusive, o primeiro grande desafio de Pedro Silveira, diretor financeiro anunciado nesta quarta-feira (3), mas que já vem trabalhando no clube há alguns dias. 

Corinthians foi pego de surpresa com as ações judiciais

A diretoria corintiana busca entender o motivo pelo qual Arthur Sousa e Gustavo Mosquito buscaram resolver judicialmente as suas pendências com o clube e não buscaram acordo. 

De toda forma, o temor de que alguns atletas buscassem respaldo jurídico já existia desde a saída de Matías Rojas, em fevereiro. No caso do paraguaio, no entanto, havia dívida relacionada aos direitos de imagem.

Para minimizar a “bola de neve”, a diretoria, pouco tempo depois, acertou o pagamento destes aspectos e “segurou” o que poderia ser um problema maior. 

Agora, com os movimentos da dupla de atacantes, o medo de novas saídas volta a pairar na equipe do Parque São Jorge. 

Timão teme retaliação 

Desde o começo do ano, o Corinthians tem sido alvo de alguns empresários, que cobram dívidas antigas do clube. Há alguns meses, o presidente Augusto Melo tem buscado aparar as arestas com alguns desses agentes. 

Ainda assim, existe internamente a desconfiança de que os pedidos de rescisão de Arthur Souza e Gustavo Mosquito por meio da Justiça tenham sido um movimento coordenado, já que a ausência do recolhimento do FGTS de ambos não começou na administração atual.

Na época, a boa relação da diretoria corintiana com os responsáveis pela carreira desses jogadores teria sido fundamental para que houvesse paciência com o clube ele pudesse quitar as dívidas. 

Atualmente, Mosquito é agenciado pela LEFT Sports, enquanto Arthur Sousa é pela Bertolucci Sports. 

Félix Torres Arthur Souza Cornthians
Contra o São Paulo, no Paulistão, Arthur Souza marcou o seu primeiro e único gol como profissional até o momento (Foto: Rodrigo Coca/Ag.Corinthians)

Quais serão os destinos de Arthur Sousa e Gustavo Mosquito?

Gustavo Mosquito já disputou 10 jogos pelo Corinthians no Brasileirão, o que impediria o atleta vestir a camisa de outra equipe da Série A. No entanto, o atleta é alvo do Santos há alguns meses. 

Inicialmente, o nome do atleta tinha sido vetado pelo presidente Marcelo Teixeira. Mas agora, com a chance de contratação sem custos, o atleta volta ao radar na Vila Belmiro, com total aprovação do técnico Fábio Carille, que é alvo do Timão, mas segue no Peixe

Já Arthur tem algumas sondagens do mercado internacional desde as categorias de base. Ele é uma das revelações mais ansiadas da base corintiana nos últimos anos, mas teve pouco espaço no elenco profissional, onde tem oportunidades esporádicas desde 2022 e possui um gol marcado, neste ano, contra o São Paulo, pelo Paulistão. 

Giuliano Bertolucci, agente do atleta, tem abertura em diversos clubes europeus e há tempos tem trabalhado o nome do jogador no Velho Continente.

Foto de Fábio Lázaro

Fábio LázaroSetorista

Nascido em Santos, criado em São Vicente e entregue à São Paulo. Na Trivela desde junho de 2024, como setorista do Corinthians. Passagem pelo Lance! entre fevereiro de 2020 e maio de 2024, onde cobriu Santos e Corinthians. Por lá, também coordenou pautas e estratégias digitais. Atualmente, também é repórter na rádio 9 de Julho, comentarista no programa Esporte por Esporte, da TV Santa Cecília, e narrador freelancer.
Botão Voltar ao topo