Brasil

Copa do Brasil coloca Corinthians frente a frente com Cianorte, e as lembranças não são das melhores

Sem data definida, a expectativa é que até a estreia na competição, as coisas estejam mais ajustas dentro do Parque São Jorge

Apesar de todas as complicações vividas na última temporada, o Corinthians conseguiu chegar até a semifinal da Copa do Brasil, sendo eliminado no Morumbi, para o São Paulo, após vencer em casa e perder fora. Em 2022, o Timão bateu na trave, chegou à final, mas acabou com o vice-campeonato depois da partida ir para os pênaltis e o Flamengo se sagrar o campeão.

Agora, o Timão vê na Copa do Brasil deste ano, mais uma boa chance de conquista de título, ou pelo menos de boa arrecadação financeira, já que esse é o campeonato mais bem pago. Na última terça-feira (30), o alvinegro conheceu o adversário, da primeira fase da disputa o: Cianorte. O jogo é único, e com mando da equipe paranaense, porém, a vantagem do empate pertence ao Corinthians.

Mesmo com o pouco histórico entre os dois times, uma das partidas entre eles está marcada na lembrança do torcedor alvinegro, e ela não das melhores. Vivendo dias complicados, o torcedor – principalmente os que se lembram – já começa a se preocupar com esse reencontro na Copa do Brasil.

Corinthians e Cianorte se enfrentaram em 2005; relembre

Há 19 anos, em 09 de março de 2005, Corinthians e Cianorte jogaram pela segunda fase da Copa do Brasil, o primeiro jogo aconteceu em Maringá, no estádio Willie Davids, e os donos da casa, comandados na época pelo Caio Júnior, balançaram a rede três vezes, com direito até mesmo a gol de bicicleta sacramentando a vitória histórica por 3 a 0.

Na época, o regulamento da competição estipulava dois jogos até mesmo nas fases iniciais, e o badalado Timão que tinha bom aporte financeiro com o patrocínio da MSI (Media Sports Investment) e contava com Tevez, Carlos Alberto, Roger Flores no elenco. Todos comandados por Daniel Passarella.

A partida em Maringá foi arrasadora para o Corinthians, que precisou reverter o placar em casa, e foi o que aconteceu um mês depois. Em 6 de abril, o Timão venceu o Leão por 5 a 1, no Pacaembu, em São Paulo, diante de mais de 30 mil pessoas. A escalação do Timão para a partida foi formada por: Fábio Costa, Marinho, Betão, e Sebá Dominguez; Edson Sitta, Marcelo Mattos, Carlos Alberto e Roger Flores; Gustavo Nery, Carlos Tévez e Bobô. Os gols foram marcados por Roger (duas vezes), Carlitos Tévez (duas) e Gustavo Nery.

 

O que esperar do Corinthians em 2024, com um elenco bem menos badalado

Agora a situação é outra. A realidade do Corinthians é bem diferente. O elenco não tem mais tantos grandes nomes do mercado do futebol, nem mesmo tanto aporte financeiro como o vivido no início dos anos 2000, já que até agora o dinheiro que entra tem sido direcionado para o pagamento das inúmeras dívidas.

Outro ponto é que o Timão já está sob pressão mesmo com a temporada de 2024 iniciada há poucos dias. A expectativa é que com o espaço de tempo para o primeiro jogo da Copa do Brasil acontecer as coisas já tenham entrado nos trilhos dentro do Parque São Jorge, com todos os reforços integrados, e com menos problemas de bastidores da nova diretoria interferindo no trabalho do campo. Afinal, mesmo como favorito o Corinthians para a disputa que agora será sacramentada no Paraná. Caso saia com a derrota, o alvinegro não terá a chance de se salvar em casa.

Foto de Jade Gimenez

Jade Gimenez

Jornalista, fascinada por esporte desde a infância, paixão que se tornou profissão. Além do futebol me mantenho por dentro de outras modalidades desde Fórmula 1 até NFL. Trabalhei como repórter em TV e rádio cobrindo partidas de futebol, futsal e basquete.
Botão Voltar ao topo