Copa do Nordeste

Três antigos campeões se garantiram nas semifinais do Nordestão: Bahia, Fortaleza e Vitória

Ceará x Sampaio Corrêa definirão o outro classificado, com a chance de uma disputa particular entre clubes baianos e cearenses

A Copa do Nordeste definiu três de seus quatro semifinalistas neste sábado. E os classificados são três clubes tradicionalíssimos na competição: Bahia, Fortaleza e Vitória. Com as quartas de final realizadas em jogo único, os times de melhor campanha na fase anterior aproveitaram muito bem o mando de campo para avançar. Além disso, há chances de um interessante embate particular entre os representantes baianos e os cearenses na próxima etapa. Fortaleza x Bahia já será uma semifinal entre tricolores. Enquanto isso, o Vitória pode enfrentar o Ceará, que encara o Sampaio Corrêa neste domingo, dentro do Castelão.

O Bahia conquistou o triunfo mais confortável deste sábado. Dentro do Pituaçu, o Tricolor derrotou o CRB por 4 a 0. Durante o primeiro tempo, os baianos já ditavam o ritmo do embate e abriram o placar aos 13, com Matheus Bahia. Os anfitriões seguiram melhores, ampliando com Thaciano pouco antes do intervalo. Já no segundo tempo, quando o CRB tentava responder, Gilberto assinalou o terceiro. Por fim, coube a Rossi fechar a contagem para os tricolores. Gilberto permanece como artilheiro isolado do Nordestão, com sete gols.

O Fortaleza teria vida mais dura no Castelão. O Tricolor enfrentou o CSA e despachou o outro representante alagoano, com a vitória por 2 a 1. Os azulinos assustavam, até que David abrisse o placar aos cearenses com 15 minutos. Ederson chegaria a carimbar o travessão num ousado chute por cobertura da intermediária, mas o CSA empatou antes do intervalo, em pênalti cobrado por Dellatorre. Já no segundo tempo, o Fortaleza voltou com força e conseguiu assegurar a vitória. Bruno Melo anotou o gol decisivo, com os anfitriões preservando o resultado até o apito final.

Por fim, o Vitória também encontrou dificuldades para superar o Altos no Barradão. Os baianos precisaram insistir até o fim, com o placar de 2 a 1. A partir de um erro dos piauienses, os rubro-negros abriram o placar com Samuel, aos 22 do primeiro tempo. No entanto, a resposta seria instantânea, com o empate do Altos garantido por Lucas Campos. A igualdade se mantinha no placar, mesmo com a pressão do Vitória na volta ao segundo tempo, com bola na trave e tudo. O salvador seria Eduardo, que veio do banco. O substituto acertou um lindo chute na gaveta e superou o goleiro Mondragon, que só assistiu à pintura.

Juntos, os três semifinalistas somam oito títulos na Copa do Nordeste – quatro do Vitória, três do Bahia e um do Fortaleza. Os rubro-negros, todavia, vivem a maior seca entre os três e não levam a taça desde 2010, enquanto o Bahia foi campeão pela última vez em 2017 e o Fortaleza levou em 2019. Já se sabe, aliás, que o campeão da vez não será inédito, com os troféus recentes de Ceará e Sampaio. O peso das camisas é enorme e confere ainda mais importância a esta reta final.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo