Brasil

Por que Almada, contratação mais cara do Botafogo, pode ter menos de 20 jogos pelo clube

John Textor, dono do Botafogo, confirmou que o meia-atacante Thiago Almada vai se transferir para o Lyon em janeiro de 2025

Perto de ser anunciado pelo Botafogo e virar uma das contratações mais caras da história do futebol brasileiro, o meia-atacante Thiago Almada vai ter uma passagem breve pelo clube.

Nesta terça-feira, John Textor confirmou que o jogador se apresenta ao Lyon-FRA, outro clube do Eagle Football, em janeiro de 2025. Assim, o argentino de 23 anos, que vai custar US$ 25 milhões (R$ 137,4 milhões), pode ter menos de 20 jogos com a camisa alvinegra.

Isso por que, além da ida para o Lyon, Thiago Almada foi convocado para os Jogos Olímpicos de Paris e, por um acordo com o jogador, ele será liberado para a disputa da competição com a seleção sub-23 da Argentina.

Vale ressaltar que, por não ser Data Fifa, o Botafogo não seria obrigado a liberar o jogador.

Dessa forma, Thiago Almada vai se apresentar ao Botafogo nos próximos dias, mas só deve atuar pelo clube depois dos Jogos de Paris 2024, que acontecem entre julho e agosto.

Caso a Argentina vá até a final, marcada para o dia 9 de agosto, o meia-atacante só deve estrear pelo Glorioso na partida de ida das oitavas de final da Copa Libertadores, contra o Palmeiras, no Nilton Santos, no dia 14 de agosto.

Até esta possível estreia pelo Botafogo, o clube tem dez jogos programados pelo Campeonato Brasileiro. Assim, depois disso, Thiago Almada tem apenas 19 partidas certas pelo clube em 2024.

Seriam 15 partidas pelo Brasileirão, as duas partidas das oitavas de final da Copa Libertadores contra o Palmeiras e os dois jogos das oitavas de final da Copa do Brasil, que ainda terá os confrontos sorteados.

Caso o Botafogo passe pelas oitavas de final das duas competições, Thiago Almada, é claro, terá mais jogos com a camisa do Botafogo antes da transferência para o Lyon, da França.

John Textor fala sobre acordo com Thiago Almada

Nesta terça-feira, direto de uma ilha nas Bahamas, John Textor apareceu ao lado de Thiago Almada no canal Visão Botafoguense. E, mesmo sem o anúncio da contratação do jogador, o empresário americano já falou sobre o acordo com o meia-atacante argentino.

– Thiago foi recrutado por nosso staff na França. Grandes clubes estavam indo atrás dele, da Espanha e de outros lugares. Nós interceptamos e o convencemos de que poderia vir para a Eagle e o levaríamos para a Europa. Considerando o momento da temporada e a Libertadores, ele quis ir competir no Botafogo e nos ajudar a vencer títulos antes de ir para a Europa – afirmou John Textor.

Textor confirmou a ida de Almada para o Lyon em janeiro, e fez questão de diferenciar a negociação do argentino do acordo com o atacante Luiz Henrique, que também tem a possibilidade de ida para o clube francês, mas sem data programada.

O contrato dele prevê ida para a França em janeiro. Bem diferente do Luiz Henrique. Porque nós interceptamos e tomamos ele de outros clubes na Europa – disse Textor.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel RodriguesSetorista

Jornalista formado pela UFF e com passagens, como repórter e editor, pelo LANCE!, Esporte News Mundo e Jogada10. Já trabalhou na cobertura de duas finais de Libertadores in loco. Na Trivela, é setorista do Vasco e do Botafogo.
Botão Voltar ao topo