Brasil

Caso Mosquito: boicote ao Atlético-PR é mantido

Alguns dos principais dirigentes do futebol de base do Brasil estiveram reunidos na tarde desta quinta-feira no estádio do Canindé, em São Paulo. Deram um tempo na disputa da Copinha para mais um dos encontros idealizados durante a passagem de Ney Franco pela CBF e que vêm se repetindo desde a realização do primeiro deles em abril, na Granja Comary, no Rio de Janeiro.

Na pauta da reunião entre os cartolas, possíveis novidades para o calendário de 2013 como a criação de um Brasileiro Sub-17 e a uniformização das categorias sub-11 e sub-13. O principal assunto, no entanto, acabou sendo mais uma vez a polêmica envolvendo o atacante Mosquito, do Atlético Paranaense.

O imbróglio com o Vasco em torno da contratação do jogador pelo Furacão foi discutido pelos dirigentes, que resolveram seguir com o acordo de boicotar competições de base em que o time paranaense esteja presente. A Copa São Paulo acabou sendo uma exceção pelo fato de a federação não ter cedido à pressão dos clubes e se tratar do principal torneio do País. A ausência de Mosquito entre os inscritos não teve relação com um possível recuo das equipes.

Como prova disso, ficou decidido nesta quinta-feira que o Atlético Paranaense está fora da Copa Rio Sub-17, a ser disputada em março. Enquanto o clube não resolver o conflito com o Vasco, ex-time de Mosquito, a situação não muda.

A confusão foi gerada pelo rompimento de um pacto de cavalheiros firmado pelas equipes em abril e já explicado pela Trivela antes. O Atlético Paranaense se pronunciou sobre o caso e se defendeu das acusações feitas pelo Vasco e pelos clubes que apoiam o time da Colina.

Leia também:

Artilheiro da Seleção sub-15, Mosquito acerta com o Atlético-PR e negócio pode causar confusão entre clubes e CBF

Clubes se recusam a jogar com Atlético-PR e Brasileiro sub-17 pode ser cancelado

Mostrar mais

Ubiratan Leal

Ubiratan Leal formou-se em jornalismo na PUC-SP. Está na Trivela desde 2005, passando por reportagem e edição em site e revista, pelas colunas de América Latina, Espanha, Brasil e Inglaterra. Atualmente, comenta futebol e beisebol na ESPN e é comandante-em-chefe do site Balipodo.com.br. Cria teorias complexas para tudo (até como ajeitar a feijoada no prato) é mais que lazer, é quase obsessão. Azar dos outros, que precisam aguentar e, agora, dos leitores da Trivela, que terão de lê-las.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo