Brasil

Artilheiro da Seleção sub-15, Mosquito acerta com o Atlético-PR e negócio pode causar confusão entre clubes e CBF

Artilheiro do Sul-Americano Sub-15 de 2011 com dez gols pela seleção brasileira, o atacante Mosquito está envolvido em mais uma polêmica na carreira. O jogador, que se recusou a assinar contrato profissional com o Vasco e chegou a ser dado como certo no São Paulo em maio (foi vetado em seguida), agora acertou com o Atlético Paranaense, após um período encostado no Macaé. E a transferência já causa uma grande confusão entre os grandes clubes brasileiros.

O motivo é simples: no primeiro Seminário Nacional de Categorias de Base, organizado pela CBF e realizado em abril, vários clubes reclamaram contra o aliciamento de jogadores e fizeram um “acordo de cavalheiros” para que isso não acontecesse mais. O Atlético Paranaense rompeu com esse “pacto”, o que enfureceu os dirigentes de outros clubes. Eles alegam que essa contratação lesa o Vasco, clube formador do jogador, e vai contra tudo o que foi conversado entre as equipes para que haja mais respeito nas negociações.

No dia 6 de novembro, os dirigentes destas equipes irão se encontrar em São Paulo para debater essa questão. Os clubes estudam até se retirar das competições de base em que o Atlético Paranaense estiver presente como represália. Esse parece ser só o início de uma queda de braço que pode durar muito tempo.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo