Brasileirão Série A

Na insistência, Vasco vence o América-MG com gol no fim e deixa a zona do rebaixamento

Depois de péssimo primeiro tempo, Vasco aproveita expulsão do América-MG, cresce e vence por 1 a 0, com gol do criticado volante Jair

O Vasco foi premiado pela insistência do técnico Ramón Diaz, aproveitou uma justa expulsão do adversário, e conseguiu a sua terceira vitória seguida e, enfim, deixou a zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Com um gol do criticado volante Jair nos acréscimos do segundo tempo, o Cruz-Maltino venceu o América-MG por 1 a 0, na noite desta segunda-feira, em um Independência que mais parecia São Januário, devido à grande presença dos torcedores vascaínos.

Como foi a vitória do Vasco sobre o América-MG

Com a mesma escalação do time que goleou o Coritiba na última semana, o Vasco acabou sendo surpreendido pelo América-MG. O técnico Fabián Bustos escalou um time com três zagueiros e fechou a defesa com uma linha de cinco jogadores, impedindo qualquer tipo de avanço da equipe do Vasco, principal pelas pontas – um dos pontos fortes do time de Ramón Diaz.

Assim como na última semana, Payet atuou pelo lado esquerdo e ficou isolado pela boa marcação do América-MG e pelo próprio time do Vasco, que preferia atacar pela direita, com Puma Rodríguez e Rossi. Ainda assim, nem mesmo por este lado o Cruz-Maltino conseguia ser efetivo.

Por outro lado, o América-MG pressionava a saída de bola do Vasco e levava perigo ao time carioca. Logo aos 4′, Martínez aproveitou um erro de Zé Gabriel para tentar uma finalização por cobertura, mas a bola saiu por cima do gol. Depois, Nicolas e Felipe Azevedo também levaram perigo, mas pararam em defesas de Léo Jardim, e Iago Maidana cabeceou muito bem após uma cobrança de escanteio, mas o zagueiro Léo afastou a bola após ela passar por Jardim.

E o goleiro do Vasco ainda voltou a brilhar aos 30′. Em nova boa jogada do América-MG, Varanda finalizou cruzado e a bola bateu na trave. Na sobra, Juninho mandou para a área e Martínez finalizou perto da pequena área, obrigando Léo Jardim a fazer uma defesa espetacular, salvando o Vasco.

Expulsão muda cenário do jogo no Independência

O primeiro tempo ia acabando com um massacre do América-MG e sem o Vasco nem sequer conseguir finalizar na direção do gol, quando um lance mudou o cenário do jogo. Aos 47′, em uma dividida na linha lateral, Maidana deixou o cotovelo no rosto de Vegetti. O árbitro nada marcou, mas, após consulta ao VAR, expulsou o zagueiro do América-MG.

Com um jogador a mais, o Vasco já voltou para o segundo tempo com Gabriel Pec e Sebastián Ferreira, que deixaram o time mais ofensivo. E, com menos de dois minutos, o Cruz-Maltino enfim conseguiu finalizar, com Vegetti, de cabeça. A vantagem numérica transformou a partida e o Vasco passou a dominar o jogo, criando oportunidades, principalmente com Pec pelo lado direito.

Como tem acontecido sob o comando de Ramón Diaz, o Vasco foi todo para o ataque. Com as entradas de Jair, Serginho e Marlon Gomes, o Cruz-Maltino ficou com o time ainda mais ofensivo. Mas a equipe abusou dos cruzamentos procurando Vegetti e Sebastián Ferreira. Bem marcados, os dois tiveram dificuldades para poder cabecear com firmeza e direção. Ainda assim, aos 44′, o centroavante argentino ainda conseguiu mandar uma, de cabeça, na trave direita do América-MG. E, depois de insistir, o gol acabou saindo mesmo em um cruzamento, mas a meia altura. Em cobrança de falta aos 45′, Paulinho cruzou mal, mas Jair desviou com pé direito e a bola foi parar no fundo das redes, garantido a vitória do Vasco e saída da zona do rebaixamento do Campeonato Brasileiro.

Jogo teve clima de São Januário

Apesar a partida ter sido no Independência, o Vasco se sentiu em casa na noite desta segunda-feira. Com uma carga extra de ingressos, o estádio teve a presença de cerca de 4 mil vascaínos, que compareceram em maior número do que a própria torcida do América-MG. A diretoria do Coelho, inclusive, abriu um setor, que não costuma ser aberto para a torcida visitante, para poder acomodar os vascaínos.

Como ficam as situações de América-MG e Vasco e próximos jogos

Com a vitória sobre o América-MG, o Vasco deixou a zona de rebaixamento depois de 17 rodadas seguidas no Z-4. Agora, o Cruz-Maltino é o 15º, com 26 pontos conquistados, enquanto o Coelho parou nos 17 pontos e segue em 19º. O time carioca agora tem um ponto de vantagem sobre o Bahia, primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

América-MG e Vasco, agora, têm jogos importantes na próxima rodada. No domingo (1), às 16h (horário de Brasília), o Cruz-Maltino tem mais um confronto direto na luta contra o rebaixamento, contra o Santos, na Vila Belmiro. No mesmo dia e horário, o Coelho tem o clássico com o Cruzeiro, no Mineirão.

Estatísticas de América-MG x Vasco

  • Posse de bola: 39,2% x 60,7%
  • Finalizações (certas): 17 (9) x 15 (4)
  • Desarmes certos: 9 x 8
  • Cruzamentos (certos): 17 (5) x 42 (9)
  • Lançamentos (certos): 36 (18) x 27 (10)
  • Escanteios: 3 x 8
  • Rebatidas: 47 x 23
  • Faltas cometidas: 16 x 15
Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor do Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo