Campeonato Brasileiro

Teremos um domingo com a rivalidade à flor da pele no futebol europeu

O campeonato dentro do campeonato, aquela vitória que dá respaldo ao trabalho do treinador e a calma a torcida, mesmo que as coisas estiverem ruins. O jogo que cria lendas, destrói carreiras e arrenda para sempre um lugarzinho no coração do torcedor. Evidentemente, estou me referindo aos clássicos de grande rivalidade, muitas vezes resvalando no ódio, entre equipes da mesma região.

CONFIRA A PROGRAMAÇÃO DE TV COMPLETA

Como se fosse de propósito, teremos um exemplo desse tipo de partida em quatro das principais ligas do mundo, todas no domingo. O dérbi do Vale do Ruhr colocará Borussia Dortmund e Schalke 04 frente a frente, quase ao mesmo tempo em que Roma e Lazio farão do Olímpico o lugar para se estar na capital italiana, mais interessante que o Coliseu, o Vaticano ou o restaurante que serve a melhor pizza da cidade. Agitação parecida viverá o norte de Londres, com Tottenham e Arsenal brigando na ponta da Premier League, e na França, a grande rivalidade entre Lyon e Saint-Étienne entrará em campo.

Todas essas partidas ainda podem ser cruciais para a classificação, já que as oito equipes ocupam as primeiras posições das suas respectivas ligas. Mesmo a Lazio, em sétimo, tenta se colocar no grupo de classificados à próxima Champions League. Mas, com os campeonatos ainda na metade do primeiro turno, o caráter de decisão, a final antecipada, fica com Nacional x Peñarol, que podem deixar o Apertura bem próximo de ser decidido neste final de semana. Com um tempero especial: será o primeiro clássico uruguaio de Diego Forlán.

O jogão

Borussia Dortmund x Schalke 04
Domingo, 12h30 (Fox Sports 2)

O segundo melhor time da Alemanha enfrenta o quarto. Como se isso não fosse o bastante para uma grande partida, a rivalidade entre Borussia Dortmund e Schalke 04 está entre as mais ferrenhas do país, se não for a maior. Os dois clubes ficam na região do Vale do Ruhr e têm torcidas apaixonadas. O clássico já envolveu mordidas de cachorros e ameaças com leões.

O Borussia Dortmund, estabelecido como a segunda força da Alemanha, apesar do escorregão da temporada passada, leva vantagem nos encontros recentes, com cinco vitórias nos últimos dez pela Bundesliga. O Schalke venceu apenas três e houve mais dois empates. A diferença entre as equipes na tabela, com o Wolfsburg no meio deles, é de seis pontos.

A briga do Dortmund é para manter o Bayern de Munique à vista, e para isso, conta com um time em grande fase. Depois de um começo de temporada perfeito, passou cinco jogos sem os três pontos (quatro empates e uma derrota), mas emendou, na última quinta-feira, contra o Qabala, a sexta vitória seguida. Foram três goleadas nessa sequência.

O momento do Schalke não é tão bom. Longe disso. Nas últimas sete partidas, contando Bundesliga, Liga Europa e Copa da Alemanha, ganhou apenas do Hertha Berlim. Após uma boa arrancada no Alemão, perdeu do Borussia Monchengladbach e empatou com o Ingolstadt, em Gelsenkirchen. O problema está no ataque. O time fez apenas 14 gols em 11 rodadas e tem o pior ataque dos cinco primeiros colocados.

Mas, como sabemos, clássico é clássico.

O clássico

Roma x Lazio
Domingo, 12h (Fox Sports)

No começo do ano, teve selfie do Totti no dérbi (Foto: AP)
No começo do ano, teve selfie do Totti no dérbi (Foto: AP)

Nada como uma vitória dramática para energizar o time antes de enfrentar o grande rival. Um gol de Pjanic, nos últimos minutos, selou o 3 a 2 da Roma sobre o Bayer Leverkusen. Simboliza como o clube da capital, apesar de ter um dos melhores elenco da Itália, ainda oscila bastante. Empata com o Sassuolo, perde da Sampdoria, ganha da Fiorentina e depois é derrotada pela Internazionale.

De qualquer maneira, a Roma está na briga pelo título da Serie A, com 23 pontos, apenas um a menos que as líderes Fiorentina e Inter. A Lazio está em sétimo lugar, cinco pontos atrás do outro time da cidade, e patinando no Campeonato Italiano, com três derrotas nas últimas quatro rodadas. Tem contra a grande rival a chance de começar a recuperação e também de quebrar um pequeno jejum: nos últimos quatro clássicos, perdeu dois e empatou os outros dois.

Fique de olho

Lyon x Saint Étienne
Domingo, 17h55 (SporTV3)

Separados por 60 quilômetros, Lyon e Saint-Étienne cultivam uma das maiores rivalidades da França. Não apenas pela proximidade. Ambos também estão entre os mais vencedores do país, com o Saint-Étienne dividindo o topo dessa lista com 10 títulos ao lado do Olympique Marseille. A fase do heptacampeão Lyon é um pouco melhor, mas os dois têm os mesmos 22 pontos na tabela da Ligue 1 e quem vencer pode se colocar como o grande perseguidor do Paris Saint-Germain.

Arsenal x Tottenham
Domingo, 14h (ESPN)

O curioso caso do Arsenal: muitas dificuldades na Champions League, em um grupo acessível para conquistar a segunda vaga nas oitavas de final, e na liderança do Campeonato Inglês. O time de Wenger foi atropelado pelo Bayern de Munique, na última quarta-feira, mas alinhou cinco vitórias seguidas na liga nacional. Tem os mesmos 25 pontos do Manchester City e recebe o rival do norte de Londres no Emirates para manter intacta a corrida de dois cavalos. O Tottenham, com 20 pontos, briga por vaga na próxima Champions e também pode se gabar de uma ótima sequência: está invicto há dez rodadas.

Barcelona x Villarreal
Domingo, 13h (ESPN Brasil)

Suárez e Neymar (Foto: AP)
Suárez e Neymar vão segurando as pontas do Barcelona (Foto: AP)

Depois desse final de semana, teremos a última data Fifa do ano, e quando ela terminar, o Barcelona entrará em campo no Santiago Bernabéu para o Superclássico contra o Real Madrid. Neste momento, os dois gigantes estão empatados com 22 pontos e têm desafios complicados pela frente. O dos catalães é o Villarreal, que chegou a liderar La Liga e agora está em quinto lugar, quatro pontos atrás dos líderes. O grande trunfo de Luis Enrique é ter a dupla Suárez e Neymar afiada. Eles fizeram todos os gols da vitória sobre o Bate Borisov, no final de semana, e são responsáveis por 85% dos tentos marcados desde a lesão de Messi, que começa a entrar na reta final da sua recuperação.

O cara

Jadson
Corinthians x Coritiba
Sábado, 19h30 (SporTV, menos para São Paulo)

Quem será o craque do Campeonato Brasileiro? Discutimos o tema no último Podcast da Trivela, e Jadson é um fortíssimo candidato. É o meia que mais fez gols, com 12, e divide a artilharia do Corinthians ao lado de Vagner Love. Também é o maior garçom do torneio, com 12 assistências, e o jogador que mais deu passes para finalização (84). A consagração dele e de seus companheiros pode vir neste final de semana. O Timão pode selar o título se vencer o Coritiba, em casa, e o Atlético Mineiro não ganhar do Figueirense, em Florianópolis, no domingo.

O brasileiro

Willian´
Stoke City x Chelsea
Sábado, 15h30 (Fox Sports)

O torcedor do Chelsea não tem muitos motivos para comemorar nesta temporada. O atual campeão está mais próximo da zona de rebaixamento do que da liderança, José Mourinho balança no cargo depois de brigar com quase todo mundo, e a crise não tem um fime em vista. Por outro lado, Willian vem comendo a bola, principalmente com as suas cobranças de falta. Foi assim na vitória por 2 a 1 sobre o Dínamo de Kiev, na última quarta-feira, e a torcida espera que isso se repita contra o Stoke City, fora de casa.

O reencontro

Sevilla x Real Madrid
Domingo, 17h30 (Fox Sports)

Cristiano Ronaldo, do Real Madrid (Foto: AP)
Cristiano Ronaldo fez os três gols do Real Madrid no último encontro com o Sevilla (Foto: AP)

O Sevilla havia passado 34 partidas invicto no Ramón Sánchez, de março de 2014 ao último mês de maio, quando encontrou com o Real Madrid e protagonizou uma das melhores partidas do Campeonato Espanhol. Durante os dois minutos que Krychowiak ficou fora de campo para receber atendimento médico, Cristiano Ronaldo marcou duas vezes contra a sua maior vítima. Bacca descontou de pênalti, e o Sevilla buscou o empate com muita valentia, mas o português completou a tripleta no segundo tempo. Iborra fez 3 a 2, mas era tarde demais para o time da casa salvar mais alguma coisa da partida, além da dignidade de ter perdido de cabeça erguida.

A fase atual do Sevilla não é tão boa, nem mesmo em casa. Desde aquela derrota para o Real Madrid, perdeu mais três partidas no Ramón Sánchez, inclusive para o Manchester City, na última terça-feira. Está no meio da tabela. Na ponta, ao lado do Barcelona, aparece o Real Madrid de Rafa Benítez, que vence as suas partidas, mas ainda não convence.

Vale uma zapeada

Nacional x Peñarol
Domingo, 17h (ESPN Brasil)

O Nacional tem uma pequena invencibilidade de quatro partidas para defender contra o rival. Precisa vencer porque tem dois pontos a menos que o Peñarol, a quatro rodadas do final do Apertura. É uma chance que não pode ser desperdiçada. O Peñarol, porém, tem um grande trunfo: Diego Forlán estará em campo pela primeira vez no maior clássico do Uruguai.

Londrina x Vila Nova
Domingo, 19h (EI Maxx e TV Brasil)

As semifinais da Série C economizaram nos gols. Em uma austeridade que deixaria qualquer credor internacional orgulhoso, as quatro partidas terminaram 0 a 0 e passou à decisão quem acertou mais pênaltis. Por isso, a expectativa é que Londrina e Vila Nova tenham guardado seus gols para a final, que começa no próximo domingo, no Estádio do Café.

Botafogo-SP x River-AC
Sábado, 19h30 (TV Brasil e Esporte Interativo)

A quarta divisão também começa a chegar ao fim. O Botafogo-SP eliminou o Remo, com uma vitória por 1 a 0, em Ribeirão Preto, e um empate sem gols no Mangueirão. Recebe o River no jogo de ida, depois que o time do Piauí passou pelo Ypiranga-RS, nos pênaltis, após trocaram vitórias por 2 a 0. Um deles será campeão nacional no próximo final de semana.

Passe longe

Bournemouth x Newcastle
Sábado, 10h45 (ESPN)

O fim de semana começa com o grande jogo entre o 17° colocado da Premier League contra o 18° colocado, um confronto direto para descobrirmos qual é o time menos pior. Enquanto o Bournemouth chegou agora à elite, e é natural que encontre dificuldades, a fase do Newcastle é horrível, com uma única vitória em 11 rodadas.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!