Brasileirão Série A

Com James titular, misto do São Paulo joga mal e reabilita o lanterna América-MG

São Paulo foi derrotado por 2 a 1 no estádio Independência; Lucas Moura entrou no segundo tempo, mas teve atuação apagada

O São Paulo visitou o América-MG com um time misto – pensando na partida de volta contra a LDU pelas quartas da Sul-Americana – e reabilitou os mineiros, que não venciam na competição desde junho. Os donos da casa saíram na frente, sofreram o empate, mas o jovem Rodrigo Varanda, um herói improvável, decretou o triunfo do Coelho.

O América-MG começou melhor a partida em Belo Horizonte. Em bola levantada por Martinez, Danilo Avelar subiu e testou no ângulo, mas viu Rafael fazer grande defesa. Na sequência, os donos da casa puxaram perigoso contra-ataque, Felipe Azevedo mandou para fora.

Com Lucas Moura no banco, o São Paulo teve James Rodriguez titular. O meia colombiano até tentou articular as principais ações do Tricolor, mas se viu muito isolado durante toda a etapa inicial.

Foi só no final do primeiro tempo que o time de Dorival Júnior assustou os mineiros. Welligton Rato serviu Nathan, que tentou clarear a jogada, mas parou em ótima intervenção do goleiro Matheus Cavichioli.

No intervalo, para a alegria da torcida tricolor, Lucas Moura veio para o gramado no lugar de Juan. Calleri, Pato e Luciano vieram para o gramado também. Ainda assim, o Tricolor arrancou o empate, mas falhou no final. Rodrigo Varanda, ex-Corinthians, anotou o gol da vitória mineira no Independência.

Gonzalo Mastriani, artilheiro uruguaio, volta a aparecer

No segundo tempo, o São Paulo era melhor que os donos da casa, mas não conseguia incomodar o goleiro Cavichioli. O castigo veio logo aos 15 minutos: após bela triangulação entre Rodriguinho e Felipe Azevedo, a bola chegou rasteira para Mastriani que não perdoou o vacilo de Luan e abriu o placar.

Esse foi o quinto gol do uruguaio nos últimos seis jogos com a camiseta do América-MG. O atacante tem sido praticamente a única peça consistente do lanterna do Brasileirão.

Mastriano, contudo, se transformaria em vilão minutos depois. O urugaio fez uma falta dura em Welington com clara intenção de parar o jogo e foi expulso diretamente pelo árbitro.

São Paulo arranca empate, mas vacila no fim

Com um a mais, o Tricolor pressionou o América-MG já contando com Lucas, Calleri e Luciano no gramado. O argentino foi lançado, ganhou de Iago Maidana e caiu na área. O árbitro viu empurrão e assinalou a penalidade máxima.

Alexandre Pato, também saído do banco de reservas, foi para a bola e parou e Cavichiolli. No rebote, a bola sobrou para o próprio Pato, que empatou a partida.

Sem vencer no Brasileirão desde junho, o América-MG foi valente mesmo com 10 em campo e foi recompensado. Daniel Borges se livrou da marcação Tricolor, cruzou e achou Juninho na área. O meia só ajeitou para Rodrigo Varanda, que soltou a bomba e venceu Rafael.

Próximos jogos de São Paulo e América-MG

O São Paulo volta a atuar contra a LDU, em partida válida pela volta das quartas de final da Copa Sul-Americana, na próxima quinta-feira (31), no Morumbi. Na ida, o Tricolor foi derrotado por 2 a 1 pelos equatorianos.

O América-MG visita o Fortaleza, na próxima quinta-feira (31), na Arena Castelão, em partida válida volta das quartas de final da Copa Sul-Americana. Na ida, o Coelho foi derrotado por 3 a 1 pelos cearenses.

Foto de Lucas Tomazelli

Lucas Tomazelli

Apaixonado por futebol desde as primeiras memórias de infância , é formado em jornalismo pela USP. Antes de integrar a equipe da Trivela, atuou na Jovem Pan Online, Grupo Bandeirantes de Comunicação e Yahoo Notícias Brasil.
Botão Voltar ao topo