Brasileirão Série A

Marcos Leonardo marca nos acréscimos e salva o Santos da derrota para o Athletico-PR

Santos e Athletico-PR ficaram no empate por 1 a 1, na Vila Belmiro, pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro

Nos acréscimos o Santos se livrou de mais uma derrota no Campeonato Brasileiro. Com um gol de pênalti de Marcos Leonardo, o Peixe empatou com o Athletico-PR, por 1 a 1, na Vila Belmiro, em partida válida pela 18ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pablo, aos 30 minutos do primeiro tempo, marcou para os visitantes.

Com o resultado, o Santos chega aos 18 pontos na classificação e não consegue se distanciar da parte de baixo da tabela. Já o Furacão chega 28 pontos e permanece na zona de classificação para a fase preliminar da próxima Libertadores

Primeira vez de Turra contra o Athletico-PR

A partida marcou o encontro do técnico Paulo Turra com o Athletico-PR, a sua ex-equipe. O treinador foi demitido do Furacão há quase dois meses, logo depois de Luiz Felipe Scolari, então diretor técnico do clube paranaense, aceitar a proposta para voltar a ser treinador e assumir o comando do Atlético-MG.

Dias depois, o Santos demitiu Odair Hellmann e entendeu que Turra seria um bom nome para substituí-lo.

Estreia de João Basso na zaga do Santos

Contratado do Arouca, o zagueiro João Basso fez a sua estreia com a camisa do Peixe. Ao lado de Alex, o defensor chamou a atenção pelas orientações aos companheiros. Comunicativo, ele fez diferentes orientações.

Com uma postura séria, o novo dono da camisa 2 jogou de maneira simples e objetiva.

Deivid é cortado por negociações com o Chelsea

Concentrado com o elenco no CT Rei Pelé com o elenco para o confronto, o atacante Deivid foi cortado até do banco de reservas. E o motivo, segundo as informações obtidas pela Trivela, foi o andamento das negociações do Santos com o Chelsea pelo centroavante de 18 anos.

A intenção dos ingleses é levar o Menino da Vila em um negócio que pode chegar a 20 milhões de euros (R$ 107 milhões na cotação do dia) dependendo de metas.

Como o Monaco tem a preferência de compra, os dirigentes monegascos precisam se posicionar se igualam ou cobrem a oferta dos ingleses.

Primeiro tempo do Santos sem criatividade

Assim como ocorre desde a chegada de Paulo Turra, o Santos se mostrou um time sem qualquer criatividade na primeira etapa. Prova disso foi que o goleiro Bento, do Athletico-PR, passou os primeiros 45 minutos sem precisar fazer qualquer defesa.

O Peixe repete os mesmos erros semanalmente e independentemente do adversário. A equipe não apresenta uma jogada trabalhada em nenhum setor do campo. O que mais no Santos são trocas de passes para o lado até a bola ser recuada para o goleiro João Paulo tentar uma ligação direta para os homens de ataque.

Mais organizado, o Athletico-PR aproveitou todos os problemas do Santos e, aos 30 minutos, abriu o placar com o centroavante Pablo, após uma linda assistência do experiente Fernandinho.

Marcos Leonardo solitário no ataque

A falta de criatividade do time escancara o isolamento do atacante Marcos Leonardo no ataque do Santos. As raras participações do camisa 9 do Peixe no primeiro tempo foram ao tentar buscar o jogo fora da área e após receber um longo lançamento de Alex, que o zagueiro Cacá, com um carrinho providencial, conseguiu desarmá-lo.

Athletico-PR se fecha na segunda etapa

Em vantagem, o Athletico-PR voltou para o segundo tempo decidido a amarrar o jogo e explorar os contra-ataques. E como parte da estratégia, o técnico Wesley Carvalho entregou a bola para o Santos tentar chegar ao gol de empate.

Isso não facilitou em nada a tarde dos donos da casa. O Santos continuou com dificuldades de criatividade. Todas as tentativas passavam pelos pés de Jean Lucas, que, apesar da vontade, não esteve inspirado.

Mesmo diante de uma atuação sem brilho, o Peixe se livrou da derrota com um pênalti nos acréscimos marcado com auxílio do VAR. Na cobrança, Marcos Leonardo estufou as redes e deixou tudo igual.

Cheio de desfalques contra o Fortaleza

Para o próximo compromisso, domingo (13), às 18h30, na Arena Castelão, o Santos não poderá contar com o goleiro João Paulo, o meio-campista Lucas Lima e o atacante Mendoza. Todos suspensos pelo terceiro cartão amarelo.

Foto de Bruno Lima

Bruno Lima

Jornalista pela UniSantos com passagem pelo Jornal A Tribuna de Santos. Já trabalhou na cobertura de jogos da Libertadores e das Eliminatórias Sul-Americanas no Brasil e no Exterior. Na Trivela, é setorista do Santos.
Botão Voltar ao topo