A decisão do Campeonato Brasileiro acontecerá no próximo final de semana. A rodada desta quarta-feira serviria apenas para completar a tabela. E foi basicamente para isso que valeu o 1×0 do Couto Pereira. e , no entanto, faziam uma partida importante na briga pelo G-8. Não foi o clássico mais empolgante na Vila Belmiro, com direito até a um apagão. Apesar disso, o Peixe assegurou o fundamental triunfo por 1 a 0, que vale uma vantagem de três pontos e aproxima a equipe da classificação à próxima Libertadores. Abaixo, a tabela e um resumo do dia:

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Santos 1×0 Corinthians

O clássico na Vila Belmiro podia não ser dos mais prestigiados, com o fim de um campeonato que valerá poucas lembranças a Santos e Corinthians. Mesmo assim, com o grande número de vagas à Libertadores, uma vitória seria decisiva nas ambições rumo à próxima temporada. E o Peixe se deu melhor dentro de casa, se aproximando da competição continental. Depois de um primeiro tempo fraquíssimo, os santistas definiram a vitória por 1 a 0 na segunda etapa, com a participação relâmpago de Soteldo fazendo a diferença.

O primeiro tempo até começou com alguma movimentação. O Corinthians partiu para cima durante os primeiros minutos e o goleiro João Paulo teria que trabalhar. O problema aconteceu aos 12 minutos, quando uma queda de energia deixou a Vila Belmiro às escuras. Foram 15 minutos de espera e os dois times voltaram ao jogo sem muito clima. O restante da etapa inicial seria paupérrimo em ideias, com raras emoções e pouco ímpeto dos rivais.

A situação melhorou no segundo tempo, muito por conta de Soteldo. O venezuelano não estava em sua melhor forma, por isso começou no banco, mas Cuca apostou em sua entrada. O Santos começou a criar e Cássio apareceria bem. O próprio Soteldo teve uma ótima chance, lançado por Marinho. No mano a mano, parou no goleiro e ainda seria travado por Fábio Santos. O gol não tardaria, aos nove. Soteldo soltou a bomba e Cássio rebateu. Marinho pegou a sobra e bateu cruzado, para Marcos Leonardo só desviar na área.

Soteldo não duraria muito em campo, sentindo dores novamente e saindo aos 17. Enquanto isso, Vágner Mancini acionava seus medalhões no banco. O Corinthians tinha dificuldades para responder, limitado a chutes de Otero que João Paulo parou sem dificuldades. O Santos esteve mais próximo do segundo, numa batida de Lucas Braga para fora e depois numa cabeçada de Bruno Marques sem direção. A vantagem mínima bastaria, com os santistas preservando o resultado até o apito final.

Coritiba 1×0 Palmeiras

O Couto Pereira recebeu uma partida sem qualquer importância nesta quarta-feira. O Coritiba está rebaixado desde a rodada passada, enquanto o Palmeiras guarda suas energias para a decisão da Copa do Brasil. Assim, a vitória do Coxa por 1 a 0 serviu apenas para confirmar o Botafogo na lanterna. Abel Ferreira poupou boa parte de seus titulares, na primeira partida desde a fraca campanha palmeirense no Mundial de Clubes.

Seria um primeiro tempo de muitos erros e pouca intensidade em Curitiba. Apesar disso, o placar poderia ter sido movimentado desde já. O Palmeiras parecia até capaz de sair com a vitória parcial, parando no goleiro Arthur, garoto que ganha uma chance na meta do Coritiba durante esta reta final de Série A. Gabriel Menino balançou as redes, mas o lance acabaria anulado por impedimento de Esteves.

Durante o segundo tempo, a expulsão de Kuscevic aos 20 minutos abriria o caminho para o Coritiba. Mesmo as entradas de Raphael Veiga, Rony e Luiz Adriano não auxiliariam tanto o Palmeiras. O Coxa passou a levar mais perigo com um homem a mais e garantiu a vitória aos 42 minutos. A zaga palmeirense vacilou e Jonathan também foi perfeito na definição, com um tiro colocado que entrou no cantinho da meta do goleiro Vinícius.