Brasileirão Série A

Luis Suárez teve uma linda despedida no Maracanã, e o Grêmio venceu o Fluminense para ser vice do Brasileiro

Na sua despedida do Grêmio, Luis Suárez volta a brilhar com dois gols e faz Grêmio ser vice-campeão do Brasileirão

Na despedida de Luis Suárez dos gramados no Brasil, o Grêmio venceu o Fluminense por 3 a 2 no Maracanã e ficou com o vice-campeonato do Campeonato Brasileiro. Além do próprio uruguaio, que fez dois gols, Everton Galdino marcou para os gaúchos. Arias e John Kennedy balançaram as redes para os donos da casa.

Grêmio começa melhor, mas Fluminense sai na frente

A partida no Maracanã valia mais pelas despedidas do que pela situação no Campeonato Brasileiro. Ainda que o Grêmio precisasse vencer para carimbar a vaga para a fase de grupos da Libertadores, o que importava mesmo era a despedida de Luis Suárez, justamente no estádio mais famoso do mundo.

Não à toa, os gaúchos começaram melhor no jogo. Retomando rápido a bola e explorando a adiantada defesa do Flu em velocidade, o Grêmio teve as primeiras chances para abrir o placar com Suárez, aos 13, e Pepê, aos 17. Até que, a partir dos 25 minutos, os donos da casa começaram a mandar na posse de bola.

Marcelo quase fez um golaço aos 26 completando de voleio um rebote de Caíque. Cinco minutos depois, Martinelli tentou driblar Rodrigo Ely, que tirou com a mão. Pênalti marcado e convertido com categoria por Jhon Arias, aos 33, que mostrou que o Fluminense tem um novo batedor oficial de pênaltis.

Jogadores do Fluminense comemoram gol de Arias, que abriu o placar no Maracanã - Foto: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC
Jogadores do Fluminense comemoram gol de Arias, que abriu o placar no Maracanã – Foto: MARCELO GONÇALVES / FLUMINENSE FC

Suárez marca seu primeiro gol no Maracaña, e Grêmio vira

O gol fez o Fluminense relaxar no jogo. Com a vida resolvida no Campeonato Brasileiro e já de cabeça no Mundial de Clubes, o time de Fernando Diniz cedia muitos espaços e via o Grêmio aproveitar.

O reencontro em terras brasileiras: Marcelo e Suárez se enfrentaram no Maracanã em Fluminense x Grêmio, talvez pela última vez após tantos embates - Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC
O reencontro em terras brasileiras: Marcelo e Suárez se enfrentaram no Maracanã em Fluminense x Grêmio, talvez pela última vez após tantos embates – Foto: Marcelo Gonçalves/Fluminense FC

Em uma das esticadas nas costas da defesa, aos 42, Villasanti deu lindo passe de primeira após corte de Nino e achou Luis Suárez solto no campo de ataque. O uruguaio disparou, driblou Fábio e fez um golaço, o seu primeiro no Maracanã.

A despedida já era em grande estilo, e dois minutos depois, Luisito fez das suas novamente. O camisa 9 do Grêmio recebeu na ponta esquerda após bola espirrada e cruzou para Carballo. Felipe Melo até conseguiu desarme, mas Galdino pegou o rebote e bateu colocado para fazer mais um belo gol e virar o jogo para o Grêmio.

Fluminense volta no 424 e sem zagueiros, e Suárez faz outro para o Grêmio

Insatisfeito com os espaços cedidos, a pouca posse de bola e efetividade do Fluminense, Fernando Diniz mexeu duas vezes no intervalo. Ao seu estilo, sacou a dupla de zaga e colocou Thiago Santos e John Kennedy. O time ia para o 4-2-4 e sem zagueiros de ofício em campo.

A princípio, funcionou. O Flu passou a ocupar o campo de ataque e John Kennedy levava a zaga gremista à loucura. Aí, Raphael Claus voltou a aparecer.

O árbitro marcou pênalti duvidoso de Guga em Ferreirinha, aos 11, e Luis Suárez, que não tem nada a ver com isso, mais uma vez mostrou porque o futebol brasileiro sentirá saudades. Na cobrança, deu uma linda cavadinha para bater Fábio, marcar outro lindo gol e ampliar para o Grêmio no Maracanã.

John Kennedy diminui para o Fluminense

Muito aberto, o jogo mais uma vez ganhou em emoção após o gol do Grêmio. O Fluminense passou a atacar mais, e o melhor do time era John Kennedy. O camisa 9 primeiro quase marcou um golaço ao dar caneta em Kanemann e soltar uma bomba que Caíque salvou, aos 21, e viu Cano perder sozinho, na pequena área, no rebote.

Já com Yony González, Lima e Diogo Barbosa em campo nas vagas de Guga, Marcelo e Ganso, o Flu perdeu um pouco a qualidade no passe, mas ganhou velocidade e intensidade. Ocupando o campo de ataque com muitos jogadores, o time de Fernando Diniz chegou a um empate com um golaço. E de John Kennedy. O atacante recebeu no meio, driblou três, invadiu a área, trocou a bola de pé e tocou no canto para diminuir.

Suárez dá adeus ao Grêmio com gols e vitória

A passagem de Luis Suárez pelo Grêmio chegou ao fim em grande estilo. O uruguaio fez dois gols, e encerrou o ano com vitória e brilho.

Luis Suárez deixará saudades no futebol brasileiro após grande temporada pelo Grêmio - Foto: Icon sport
Luis Suárez deixará saudades no futebol brasileiro após grande temporada pelo Grêmio – Foto: Icon sport

Melhor jogador da equipe na temporada, e talvez de todo o Campeonato Brasileiro, Suárez fez do Maracanã o palco perfeito para o adeus pelo time gaúcho. Se não saiu com o título, o Grêmio foi o time que mais venceu na competição, com 21 vitórias, uma a mais que o campeão Palmeiras. Vice-campeão do Brasileirão e classificado à Libertadores, o time foi bem além do que as pretensões para 2023, e muito por conta do craque uruguaio.

Os dois lindos gols que marcou no seu último jogo ilustram bem a saudade que Luis Suárez deixará nos gramados brasileiros.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo