Brasileirão Série A

Palmeiras joga para o gasto, e bate o Cuiabá na Arena Pantanal

Longe de ser brilhante, Alviverde se saiu melhor em jogo moroso e reencontrou a vitória

Na noite deste domingo (5), o Palmeiras venceu o Cuiabá por 2 a 0, fora de casa, em jogo válido pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro. No bom gramado da Arena Pantanal, o Alviverde não encantou. Muito longe disso, mas aproveitou as chances que teve, e somou três pontos importantes na competição. Lázaro e Estêvão fizeram os gols da partida.

Com a vitória, o Palmeiras foi a oito pontos e assumiu a sexta colocação do Campeonato Brasileiro. O time de Abel Ferreira agora direciona as atenções para a Copa Libertadores, já que entra em campo pelo torneio continental no meio de semana. A partir das 19h (horário de Brasília) da próxima quinta-feira (9), o Alviverde enfrenta o Liverpool, no Uruguai.

Escalação do Palmeiras

Abel Ferreira surpreendeu no 11 inicial do Palmeiras. Poupado, Raphael Veiga sequer foi relacionado para partida, e Luis Guilherme assumiu o posto do camisa 23. Herói na vitória sobre o Botafogo-SP, Estêvão vivia a expectativa de ganhar uma oportunidade no time titular. Mas começou o jogo como opção no banco de reservas.

O Palmeiras foi a campo com: Weverton, Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Murilo e Piquerez; Gabriel Menino, Aníbal Moreno, Luis Guilherme e Lázaro; Rony e Endrick.

Palmeiras faz 1º tempo ruim, mas garante vantagem parcial com Lázaro

Coisa rara no futebol brasileiro, o gramado da Arena Pantanal favoreceu o jogo. E como se não bastasse a superioridade técnica, o Palmeiras parecia jogar em casa, tamanho barulho da torcida alviverde nas arquibancadas visitantes. Buscando se aproveitar dessa atmosfera favorável, a equipe de Abel Ferreira começou melhor a partida. Com menos de 10 minutos, Endrick finalizou duas vezes a gol e mostrou que estava a fim de fazer as pazes com as redes – o jovem atacante ainda não marcou no Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras ditou o ritmo e controlou as ações nos primeiros minutos. A equipe trocava passes no campo de ataque e tentava encontrar brechas na defesa adversária. Era preciso paciência. Fechado e compactado, o Cuiabá marcava forte e jogava no erro dos paulistas. A estratégia do Dourado logo ficou clara: acelerar a transição ofensiva e surpreender os visitantes por meio de contragolpes rápidos.

Com o passar do tempo, o Palmeiras foi arrefecendo no ataque. A posse de bola diminuiu, os erros de passe se tornaram frequentes e os cruzamentos na área não surtiram efeito. O Cuiabá agradeceu. Apesar da postura reativa, o Dourado cresceu no jogo e passou a ameaçar o sistema defensivo palmeirense, sobretudo em descidas rápidas pelos lados do campo.

Justamente em seu pior momento no 1º tempo, o Alviverde abriu o placar na Arena Pantanal. Quase nos acréscimos, Luis Guilherme foi acionado por Marcos Rocha na ponta direita, ajeitou o corpo e cruzou para o meio da área. Bem colocado, Lázaro subiu no meio dos defensores, testou consciente e tirou de Walter, que nada pôde fazer.

Estêvão entra, sofre pênalti, e sacramenta vitória do Palmeiras

Assim como no 1º tempo, o Palmeiras começou a etapa complementar mais ligado. Porém, não demorou muito para o Cuiabá igualar as ações e equilibrar o duelo. Aos 10 minutos, Weverton foi obrigado a sujar o uniforme. O goleiro alviverde voou e espalmou chute forte de Fernando Sobral. Em resposta imediata, Endrick perdeu oportunidade clara de ampliar. O camisa 9 tabelou com Luis Guilherme e ficou cara a cara com Walter, mas errou na cavadinha e parou no arqueiro do Dourado.

Estêvão entrou aos 12 minutos e não demorou muito para fazer a diferença em campo. Liso e forte no um contra um, o camisa 41 recebeu pelo lado direito, driblou dois adversários com facilidade e acabou derrubado na área por Rikelme. Pênalti. O garoto prodígio palmeirense assumiu a responsabilidade, cobrou com perfeição, no ângulo, e ampliou.

E ficou por isso mesmo na Arena Pantanal. A performance pode não ter encantado, mas o Palmeiras fez o principal: foi efetivo e conquistou vitória importante fora de seus domínios.

Estatísticas de Cuiabá 0 x 2 Palmeiras – Campeonato Brasileiro 2024

  • Posse de bola: 45% x 55%
  • Faltas: 9 x 11
  • Finalizações: 8 x 15
  • Finalizações no gol: 1 x 6

Próximos jogos do Palmeiras

  • Liverpool-URU x Palmeiras – Copa Libertadores – 09/05
  • Palmeiras x Athletico-PR – Campeonato Brasileiro – 12/05
  • Palmeiras x Independiente del Valle – Copa Libertadores – 15/05
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo