Brasileirão Série A

Fortaleza tem que correr atrás do prejuízo se não quiser fazer um Brasileirão ruim

O Fortaleza já provou que pode dar trabalho no Brasileirão, mas, para isso, Vojvoda precisa dar uma resposta

Com certeza, não era assim que o Fortaleza gostaria de iniciar sua temporada. O sonho do hexa consecutivo no Campeonato Cearense foi interrompido pelo Ceará, que venceu nos pênaltis após empate por 1 a 1 no tempo regulamentar. Mais do que isso, o Leão ainda não apresentou um futebol convincente em 2024, preocupando às vésperas do início do Campeonato Brasileiro.

Até aqui, o Fortaleza disputou 20 partidas nesta temporada, entre estadual, Copa do Nordeste e Copa Sul-Americana. O retrospecto é de oito vitórias, oito empates e quatro derrotas, com 32 gols marcados e 17 sofridos. Nas quartas de final do Nordestão e brigando pela classificação direta às oitavas de final da Sula, o Leão tem que correr atrás do prejuízo se não quiser fazer um Brasileirão ruim.

Juan Pablo Vojvoda já provou (inúmeras vezes) que pode dar trabalho na Série A, mas, para isso, ele precisa dar uma resposta em campo melhorando as atuações da equipe. O Fortaleza estreia no campeonato no próximo sábado (13), às 21h (horário de Brasília), quando enfrenta o São Paulo, no Morumbis. Com a bola prestes a rolar na Série A, confira esse Guia da Trivela sobre tudo o que você precisa saber sobre o Leão.

Como o Fortaleza foi no Brasileirão de 2023?

Campeão do Cearense em 2023, o Fortaleza chegou ao Brasileirão 2023 sob grandes expectativas. Apesar da eliminação precoce na Pré-Libertadores, Vojvoda e companhia garantiram vaga na fase de grupos da última Sul-Americana. Por isso, a ideia do Leão era pelo menos repetir o desempenho do ano anterior, quando brigou por vaga no G-6 (que se tornou G-8 em 2022).

Mesmo com uma campanha semelhante, o Fortaleza terminou a última Série A na 10ª posição com 54 pontos, sendo 15 vitórias, nove empates e 14 derrotas em 38 rodadas. Além disso, o time tricolor balançou as redes 45 vezes e teve sua defesa vazada em 44 oportunidades. O que ajuda a explicar o retrospecto inferior ao de 2022 foi a possibilidade real do primeiro título internacional da história do Leão, o que dividiu a atenção na reta final.

Isso porque Juan Pablo Vojvoda levou o Fortaleza a uma final inédita de Copa Sul-Americana. Entretanto, o título não veio nos pênaltis, quando perdeu para a LDU. Ainda assim, o Leão fechou 2023 em alta, com objetivos ainda maiores para a nova temporada. Mesmo com a manutenção do elenco e a chegada de reforços importantes, o treinador argentino terá que fazer ajustes para o início do Brasileirão Série A.

O Leão vai brigar por vaga em competições internacionais

O Fortaleza tem um bom time titular e um grupo com opções interessantes para um calendário repleto de jogos como o do futebol brasileiro. Por isso, naturalmente, o Leão vai brigar por vaga em competições internacionais. Agora, resta saber se Vojvoda conseguirá repetir o sucesso passado de classificar a equipe para a Libertadores — ou, pelo menos, para a fase preliminar do torneio mais importante da América do Sul.

Contudo, pelo que apresentou nesse início de 2024, é mais provável que o Fortaleza termine com uma vaga na Sula de 2025. Com a chance de título na Copa do Nordeste e no torneio continental, o Leão também espera chegar mais longe na Copa do Brasil. Para isso, todos os jogadores, titulares e reservas, terão que mostrar futebol para acompanhar o ritmo maluco. Juan Pablo Vojvoda tem capacidade para isso, porém, tem que mostrar na prática.

Principais destaques do Fortaleza

Tinga

Líder dentro e fora de campo, o lateral é o homem de confiança de Vojvoda no Fortaleza. Desde 2018 no Leão, Tinga é ídolo da torcida e participou ativamente das conquistas recentes. Aos 30 anos, o jogador pode contribuir e muito para o sucesso no Brasileirão Série A.

Yago Pikachu

Um dos artilheiros do Fortaleza em 2024 com seis gols, além de uma assistência, o ala direita continua sendo crucial para o time de Juan Pablo Vojvoda. Desde 2021 no Leão, Pikachu teve uma rápida passagem pelo futebol japonês, mas isso não atrapalhou seu papel como um dos alicerces do time.

Moisés

No ataque, Moisés tem tudo para ser o cara do Fortaleza, assim como fez em 2022. Após passar a última temporada no futebol mexicano, o atacante retornou ao Leão no início deste ano e já está sendo potencializado por Juan Pablo Vojvoda para a Série A 2024.

Qual estilo de jogo do Leão com Juan Pablo Vojvoda?

Com a saída de Caio Alexandre, que era o regente do meio-campo, o Fortaleza perdeu bastante de sua qualidade que encantou o Brasil nos últimos anos. Em 2024, Juan Pablo Vojvoda se adaptou para o 4-3-3, com dois volantes, um meia, dois pontas e um centroavante. Até esse momento, o esquema tático não tem surtido o efeito esperado. Mais do que isso, o Leão não apresenta mais versatilidade, o que era uma marca registrada do argentino.

O Fortaleza variava muito a composição de seus jogadores, mas isso não é mais uma verdade nesta temporada. Uma coisa que o próprio Vojvoda reconhece é que tem “faltado sangue” em 2024. Ou seja, o Leão não está aplicando um jogo de alta intensidade, como fazia nas últimas temporadas. Isso ajuda a explicar a queda de rendimento de um ano para o outro.

Outro detalhe importante é que, individualmente, os atletas do Fortaleza estão bem abaixo do que podem render. Como consequência, o coletivo é prejudicado. Os reforços ainda não mostraram a que veio, e o Leão tem pecado demais nas finalizações. A equipe de Juan Pablo Vojvoda até cria bastante, mas a falta de pontaria tem sido uma falha fatal às vésperas do início do Brasileirão 2024.

Onde assistir aos jogos do Fortaleza no Brasileirão?

As partidas do Campeonato Brasileiro são transmitidas pela Rede Globo em sinal de TV aberta, por meio do SporTV, via TV por assinatura e também por pay-per-view, via Premiere. Nos confrontos nos quais o Athletico Paranaense for o mandante, a TNT e a Caze TV também transmitirão os jogos.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo