Brasileirão Série A

Criciúma tem três armas para não cair no Brasileirão

Criciúma subiu como terceiro colocado da Série B, e conta com jogadores identificados e Bolasie para ao menos se manter no Brasileirão de 2024

Começar o ano bem não necessariamente significa que o time terá um grande desempenho no Campeonato Brasileiro. Ainda quando o clube, recém-chegado da Série B, mantém a mesma base de um ano para o outro. Mesmo assim, com a união de um elenco que têm atletas ainda da Série C e foi bicampeão catarinense, e com a força da torcida que faz festa todos os jogos no Estádio Heriberto Hülse, o Criciúma busca surpreender quem acredita que o time lutará para não ser rebaixado no Brasileirão de 2024 em seu retorno à elite após exatos 10 anos.

E de fato, grupo fechado e coesão é o ponto forte da equipe. Além de Claudio Tencati, que assumiu o Tigre no fim de 2021 e conduziu a equipe da terceira divisão para a Série B, o Criciúma conta com 6 atletas no seu elenco atual que possuem mais de 100 jogos com a camisa carvoeira. Barreto (173), Gustavo (152), Rodrigo (144), Fellipe Mateus (140), Claudinho (117) e Marcelo Hermes (109) criaram uma história de muita identificação nos últimos anos, e fazem parte do sólido time titular, que ainda tem em Éder, ídolo da equipe, outro jogador prestes a chegar aos três dígitos em partidas com a camisa do Criciúma.

Como o Criciúma foi na Série B de 2023?

Terceiro colocado na Série B do ano passado, o Criciúma foi o segundo time a assegurar sua vaga na Série A de 2024, faltando apenas uma rodada para o fim de um disputado acesso. Além da torcida, que praticamente multiplicou em 5 vezes o número de sócios-torcedores em 2 anos, o clube contou com uma forte espinha dorsal, e também com os gols decisivos de seus jogadores com mais experiência no futebol internacional. Eder (ex-São Paulo, Inter de Milao e Seleção Italiana), Felipe Vizeu (ex-Flamengo e Grêmio) e Marquinhos Gabriel (ex-Corinthians, Vasco e Santos) foram essenciais para o acesso da equipe catarinense. Além disso, o goleiro Gustavo, presente desde 2021, quando o Tigre ainda estava na Série C, manteve sua vaga, e foi importante em vários jogos para assegurar pontos ao time carvoeiro ao longo da competição.

O Criciúma vai lutar para não cair

Por mais empolgado que esteja pelo bicampeonato consecutivo do Catarinense, os pés do Criciúma estão fincados no chão. Com um elenco não tão caro como o de alguns de seus próximos rivais, a equipe contará com o entrosamento entre Tencati e seus atletas, além, claro, da força do Estádio Heriberto Hülse lotado para manter o time inicialmente na primeira divisão. A estreia de Yannick Bolasie, que deve ocorrer durante o Brasileirão, também será um dos principais chamarizes da equipe para a disputa da competição e para a conquista de quem sabe, aqueles 45 pontos de média que podem manter o time na elite após 10 anos de espera.

Principais destaques do Criciúma no Brasileirão 2024

Eder: Revelado pelo Criciúma em 2004, Eder deixou Santa Catarina para brilhar na Itália. Jogando pela Sampdoria, chamou a atenção da federação local e atuou na Eurocopa de 2016 pela Seleção Italiana, depois rumando à Inter de Milão. Ele voltou em 2021 ao Brasil para jogar pelo São Paulo, e dois anos depois, ao time que o revelou para ser o grande astro da equipe que subiu para o Brasileirão do ano seguinte. Já com 37 anos e dores, Eder não é titular em todos os jogos, mas segue sendo a principal referência técnica da equipe e ídolo da torcida carvoeira.

  • Yannick Bolasie: Dentre todos os reforços do Brasileirão deste ano, talvez o mais ‘rolê aleatório’ deles seja Bolasie no Criciúma. Atualmente com 34 anos, o ponta da República Democrática do Congo é conhecido por ser muito habilidoso e driblador, mesmo tendo 1,88 de altura. Porém, há quase 10 anos ele não consegue se estabelecer em uma grande liga. Mas suas passagens por Crystal Palace, Everton, Sporting e Anderlecht podem dar um novo tipo de perfil para o elenco carvoeiro, que terá nele o principal criador de jogadas individuais quando finalmente estrear.
  • Claudinho: Em um plantel repleto de jogadores experientes, Claudinho chama a atenção por ter mais de 100 jogos com a camisa do Criciúma mesmo tendo somente 23 anos. Lateral-direito que chega à frente, ele tentará dar muitas assistências para finalizações de Felipe Vizeu e Renato Kayser, e quem sabe, render uma boa quantia de dinheiro ao Tigre, já que além de jovem, ele atua em uma posição sem muitos brasileiros de destaque atualmente.

Qual o estilo de jogo do Criciúma com Tencati?

Caso Tencati mantenha o mesmo padrão de jogo dos últimos anos, será possível ver um Criciúma bastante corajoso nos gramados do Brasil. Inicialmente o treinador monta a equipe em um 4-1-3-2, que pode variar para 4-4-2 ou 4-1-4-1. Como o time joga de maneira ofensiva, os contra-ataques podem ser uma arma perigosa contra o time carvoeiro. A equipe conta principalmente com o entrosamento de seus jogadores, e atletas experientes, como o próprio Eder, Marcelo Hermes e também Tobias Figueiredo, português de 30 anos emprestado pelo Fortaleza. Na frente, Felipe Vizeu e Renato Kayser brigarão internamente para ver quem será o artilheiro e principal referência do time em campo.

Onde assistir aos jogos do Criciúma no Brasileirão?

Os jogos do Campeonato Brasileiro de 2024 serão transmitidos pela Rede Globo na TV aberta, SporTV na TV fechada e Premiere no pay-per-view. Em caso de partidas nas quais o Athletico Paranaense for o mandante, a transmissão acontecerá na TNT ou CazéTV.

Você pode acompanhar onde assistir aos jogos do time x no Brasileirão neste artigo (linkar o Jogo do Time hoje se houver).

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo