Brasileirão Série A

Grêmio, Inter e Juventude pedem paralisação do Brasileirão por 3 semanas à CBF

Enchentes que afetaram o RS prejudicaram os três clubes gaúchos; CBF pede para todos os clubes se manifestarem

A possibilidade de paralisação do Campeonato Brasileiro parece cada vez mais próxima. E neste sábado (11), os três clubes do Rio Grande do Sul que atuam na elite do futebol brasileiro, e estão sendo diretamente afetados pelas enchentes que assolam parte do estado gaúcho, pediram em conjunto o adiamento de pelo menos três rodadas do Brasileirão.

Por meio de nota oficial nas redes sociais, Grêmio, Internacional e Juventude divulgaram um ofício enviado para a CBF, solicitando o adiamento. Por enquanto, apenas os jogos dos clubes gaúchos em todas as divisões de campeonatos organizados pela CBF foram adiados até o dia 27 de maio.

– Devido ao estado de calamidade pública no Rio Grande do Sul, Sport Club Internacional, Esporte Clube Juventude e Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense enviaram ofício para a CBF solicitando o adiamento total (incluindo todas as equipes da competição) de até três rodadas do Campeonato Brasileiro Série A 2024.

– Os Clubes pedem compreensão e zelo para a situação, que impossibilita a realização de atividades esportivas no Estado e afeta o equilíbrio esportivo das competições – escrevem os clubes na nota, que destacam que as enchentes causarão problemas ‘por longo período’.

Clubes também pedirão auxílio financeiro

Além do adiamento de todos os jogos por até três rodadas, os três clubes, por meio da nota assinada pelos presidentes Alberto Guerra (Grêmio), Alessandro Barcellos (Inter) e Fábio Pizzamiglio (Juventude) fizeram outro pedido à CBF.

– Prezaríamos que a Confederação Brasileira de Futebol estudasse e colocasse em prática após alinhamento final conjunto, uma solução de auxílio estrutural/financeiro para poderem ser minimizados os nefastos impactos trazidos às nossas entidades de prática desportiva e que, igualmente, traduzem prejuízos no equilíbrio das competições organizadas por essa nobre entidade organizadora do desporto.

Tanto os centros de treinamento de Grêmio e Internacional, assim como os estádios Arena do Grêmio e Beira-Rio ficaram bastante afetados pelas enchentes, não havendo quaisquer possibilidades de jogos em um curto prazo. Como o Juventude é de Caxias do Sul, um município da serra gaúcha, o clube não foi prejudicado por conta da cidade ficar mais acima da linha do mar.

Pressão por adiamento geral aumenta

A pressão para a CBF paralisar os jogos aumenta cada vez mais. Na última sexta-feira (10), André Fufuca, ministro dos Esportes, solicitou à entidade o adiamento de todos os jogos por duas semanas. O ofício de Fufuca, inclusive, fez com que a CBF solicitasse aos clubes que se posicionem formalmente sobre se são ou não a favor da paralisação dos jogos das quatro divisões nacionais.

Tragédia climática no Rio Grande do Sul já deixou mais de 100 mortos

Os temporais que iniciaram no último dia 29 de abril no Rio Grande do Sul já deixaram 136 mortos, 125 desaparecidos e 756 feridos, conforme o último levantamento da Defesa Civil gaúcha, divulgado neste sábado (11). Há 411,3 mil pessoas fora de casa. Desse total, são 71.398 em abrigos e 339.928 mil desalojados (pessoas que estão nas casas de familiares ou amigos). 444 dos 497 municípios do estado registram algum tipo de transtorno.

Como doar para ajudar vítimas da tragédia no Rio Grande do Sul

Correios

Para quem não está no Rio Grande do Sul, os Correios estão transportando doações físicas, gratuitamente, a de diversos estados. Desde terça-feira (7), a iniciativa contempla São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Bahia, Minas Gerais, Pernambuco, Distrito Federal e Rio de Janeiro. Na quarta-feira (8), um termo de cooperação assinado pela presidente do Consórcio Nordeste (CNE) e governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, ampliou o raio da ação para todo Nordeste brasileiro.

Órgãos públicos

SOS Rio Grande do Sul (Governo do Estado do Rio Grande do Sul) — Chave PIX: 92.958.800/0001-38
PIX Solidário Ajuda São Léo (Defesa Civil de São Leopoldo) — Chave PIX: [email protected]
PIX SOS Canoas (Prefeitura de Canoas) — Chave PIX: [email protected]
Prefeitura de Eldorado do Sul — Chave PIX: 51985951493

Abrigos

Ulbra (Canoas) — Chave PIX: [email protected]
Unisinos (São Leopoldo) — Chave PIX: [email protected]

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo