Brasileirão Série A

O maior problema que Mano tem no Fluminense para encarar o Fortaleza

Sem Diogo Barbosa, suspenso, Tricolor tem Marcelo como dúvida e pode ter jovem de 18 anos ou improviso

O Fluminense terá um jogo importante contra o Fortaleza neste domingo (7), às 16h (de Brasília), pelo Campeonato Brasileiro, mas não sabe quem será seu lateral-esquerdo. Lesões e suspensões deixaram o Tricolor com poucas opções.

Titular da posição, Marcelo ainda é dúvida. O camisa 12 não treinou na sexta-feira (5) com o restante do grupo e ainda faz uma transição para trabalhos com bola. Ainda há pequenas chances, desde que ele treine neste sábado (6) e se sinta bem.

Reserva imediato, Diogo Barbosa está suspenso, assim como o volante André. As duas baixas deixam o Flu com ainda menos possibilidades. A Trivela explica o motivo.

Diniz preferia improvisar na lateral-esquerda do Fluminense

Em muitos momentos de sua passagem, Fernando Diniz improvisou na lateral-esquerda. E essas opções seguem no elenco.

Guga e Calegari, laterais-direitos de ofício, atuaram por ali em alguns momentos. Além deles, Alexsander, que foi titular na estreia de Mano, subiu aos profissionais já no setor.

Guga voltou a ser utilizado com Mano Menezes e aumentou nível de competitividade do Fluminense - Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC
Guga voltou a ser utilizado com Mano Menezes e aumentou nível de competitividade do Fluminense – Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC

Nas divisões de base, os três jogadores passaram pela lateral-esquerda. Alexsander começou ali e foi para o meio, mas no profissional, estreou na lateral. O jovem de 20 anos não joga nesta posição há algum tempo.

O problema é que com a suspensão de André, o camisa 5 tem um papel importante no meio-campo. Para ser deslocado para a esquerda, o Flu precisará usar Gabriel Pires, Thiago Santos ou outro meia no setor, o que é mais difícil de acontecer.

Alexsander foi titular no meio-campo do Fluminense na estreia de Mano Menezes - Foto: Icon sport
Alexsander foi titular no meio-campo do Fluminense na estreia de Mano Menezes – Foto: Icon sport

Esquerdinha pode ganhar chance no Fluminense

Destaque nas divisões de base, Esquerdinha sempre foi tratado como uma joia no Fluminense. Ofensivo e veloz, o jovem de 18 anos tem jogado bem no sub-20, mas só tem um jogo como profissional.

João Henrique, como vem sendo chamado oficialmente pelo clube, jogou contra o The Strongest, em La Paz, pela Libertadores, em 2023. O time perdeu, mas ele pode se dizer Campeão da América, já que entrou em campo.

Esquerdinha pode ganhar chance na lateral-esquerda do Fluminense - Foto: Icon sport
Esquerdinha pode ganhar chance na lateral-esquerda do Fluminense – Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC

Esquerdinha esteve no banco contra o Internacional e agrada à comissão permanente do Flu. Sua utilização depende de Mano Menezes, que gosta bastante de jogadores com suas características nesta posição.

Foto de Caio Blois

Caio Blois

Jornalista pela UFRJ, pós-graduado em Comunicação pela Universidad de Navarra-ESP e mestre em Gestão do Desporto pela Universidade de Lisboa-POR. Antes da Trivela, passou por O Globo, UOL, O Estado de S. Paulo, GE, ESPN Brasil e TNT Sports.
Botão Voltar ao topo