Brasileirão Série A

Flamengo tem motivos de sobra para comemorar empate com Athletico

Na Ligga Arena, o Flamengo empatou com o Athletico Paranaense apesar dos apesares

Neste domingo (16), o Flamengo empatou com o Athletico Paranaense por 1 a 0, na Ligga Arena, pela 9ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, o Rubro-Negro ficou na vice-liderança com 17 pontos.

A verdade é que o Flamengo tem motivos de sobra para comemorar esse ponto somado fora de casa. Sem a maioria de seus principais jogadores, o Rubro-Negro superou o retrospecto negativo e a força do Athletico em sua casa.

Primeiro de tudo, o Flamengo foi a campo com uma legião de desfalques de peso: Arrascaeta, De La Cruz, Pulgar, Varela e Viña estão a serviço de suas seleções para a Copa América. Ayrton Lucas e Allan estão no departamento médico.

Portanto, o Rubro-Negro foi a campo com uma formação alternativa. Mais do que isso, Matheus Bacchi, que ocupou o lugar do suspenso Tite, não tinha tantas opções desequilibrantes no banco de reservas para buscar melhor sorte contra o Furacão.

Aliás, o Athletico-PR costuma ser uma pedra no sapato do Flamengo no Campeonato Brasileiro em jogos na Ligga Arena. Em 30 partidas fora de casa na competição, o Rubro-Negro tinha duas vitórias, nove empates e 19 derrotas.

Outro detalhe importante é que, antes de pegar o Flamengo, o Athletico Paranaense estava 100% em seu estádio na Série A: cinco jogos e cinco vitórias.

Ou seja, o Rubro-Negro foi o primeiro time a tirar pontos do Furacão na Ligga Arena neste campeonato. Um feito importante na briga pelo título, já que o Athletico promete uma briga acirrada com o Flamengo pela ponta da tabela.

E apesar de tudo isso, o Rubro-Negro fez uma partida de reação – o que é digno de aplausos em meio a tantos obstáculos. Para a sequência da temporada, o Flamengo demonstra força em seu elenco.

Como foi Athletico Paranaense x Flamengo pelo Brasileirão

O 1º tempo de Athletico Paranaense e Flamengo ficou marcado pelo equilíbrio. Tanto o Furacão, quanto o Rubro-Negro, buscaram o ataque, mas não conseguiram colocar a bola no fundo da rede.

O principal problema do Flamengo ficou por conta do último passe. Devido ao alto número de desfalques de jogadores importantes – sobretudo no meio-campo -, o Rubro-Negro pecou pela falta de criatividade.

Com Léo Ortiz como volante, o Flamengo ganhou mais segurança defensiva. Entretanto, apresentou maior lentidão na hora de fazer a transição para o ataque. Cabe destacar também a boa marcação do Athletico-PR.

Esses fatores ajudam a explicar porque o Rubro-Negro praticamente não finalizou com perigo antes do intervalo. Lá atrás, o Flamengo soube anular as principais jogadas do Furacão.

Só acaba quando termina

Para o 2º tempo, o roteiro foi praticamente o mesmo: o Athletico atacava, e o Flamengo respondia. O Furacão quase abriu o placar quando Erick ficou cara a cara com Rossi, mas ele mandou a bola por cima do gol do Rubro-Negro.

O Flamengo chegou a balançar as redes com Gabigol, que aproveitou um rebote dentro da pequena área. Entretanto, a arbitragem anulou o gol porque o atacante estava em posição de impedimento.

O Rubro-Negro continuou à procura da vitória, mas parou na parede montada pelo Athletico-PR. Na reta final do jogo, o Furacão foi para o tudo ou nada.

E quando parecia que o Flamengo ia garantir o empate, a bola explodiu no braço aberto de David Luiz dentro da grande área. Na cobrança de pênalti, Fernandinho marcou o gol do Furacão.

Nos acréscimos, o Rubro-Negro quase empatou com Pedro, de escanteio, mas o goleiro do Athletico Paranaense operou um milagre. No último lance da partida, Evertton Araujo balançou as redes para o Flamengo de cabeça.

Quem é Evertton Araujo, herói do Flamengo contra o Athletico?

Evertton Araujo chegou ao Flamengo em 2022, quando começou a atuar pelo sub-20. No ano passado, o meia passou a ganhar mais chances no profissional, principalmente com a chegada de Tite.

O técnico foi o responsável por convencer o Rubro-Negro a comprar 40% dos direitos econômicos de Evertton Araujo. Outros 30% do passe do meia pertencem ao Volta Redonda.

No início desta temporada, o América Mineiro tentou a contratação de Evertton Araujo por empréstimo, porém, Tite barrou o negócio por ter o meia em seus planos.

Segundo a Coluna do Fla, a multa rescisória de Evertton Araujo no Flamengo é de R$ 40 milhões. O vínculo do meia com o Rubro-Negro vai até o final de 2026.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus CristianiniRedator

Jornalista formado pela Unesp, com passagens por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia. Na Trivela, é redator de futebol nacional e internacional.
Botão Voltar ao topo