Brasileirão Série A

Cruzeiro tem atuação impecável e esmaga o Bahia no Mineirão

O Cruzeiro não tomou conhecimento do Bahia e aplicou um 3 a 0 inapelável no Mineirão; foi a primeira vitória no estádio em 2023

O Cruzeiro enfim venceu no Mineirão em 2023! O time celeste enfrentou o Bahia na noite desta quarta-feira (25), dominou a partida, e regido pelo talento de Matheus Pereira, bateu o Tricolor Baiano por 2 a 0. Os gols do jogo, válido pela 29ª rodada do Campeonato Brasileiro, deixam foram marcados por Kanu, contra, e Marlon. O resultado afasta a Raposa da zona de rebaixamento.

Com o Cruzeiro animado pela vitória no clássico contra o Atlético-MGprimeiro disputado na Arena MRV —, o treinador Zé Ricardo decidiu manter a base do time no jogo contra o Bahia. A única mudança acontece na lateral-esquerda. Marlon, que cumpriu suspensão na última rodada, volta ao time titular. Kaiki, que iniciou o dérbi, sentiu uma lesão muscular e se tornou desfalque.

Outro desfalque do Cruzeiro, este de última hora, é o meia Mateus Vital, que uma lombalgia aguda e foi cortado do banco de reservas da Raposa.

O Cruzeiro iniciou a partida com: Rafael Cabral; William, Neris, Luciano Castán e Marlon; Matheus Jussa, Filipe Machado e Lucas Silva; Matheus Pereira, Arthur Gomes e Bruno Rodrigues.

Rogério Ceni, por sua vez, escalou o Bahia com Marcos Felipe; Gilberto, Kanu, Raul Gustavo e Camilo Cándido; Rezende, Yago Felipe e Thaciano; Cauly, Biel e Everaldo.

Matheus Pereira inspirado comanda Cruzeiro

Matheus Pereira teve sua primeira grande atuação por seu time de coração
Matheus Pereira teve sua primeira grande atuação por seu time de coração – Foto: Staff IMages/Cruzeiro

Empurrado por sua torcida que fazia grande festa no Mineirão, o Cruzeiro começou a partida buscando o ataque e logo aos 11 minutos teve uma oportunidade clara com William. Jussa avançou pela meia-esquerda e deu um cruzamento açucarado para o lateral-direito, que invadiu a área como elemento surpresa. O camisa 12 conseguiu desviar, mas a bola foi para fora, passando muito perto do gol de Marcos Felipe.

Melhor no jogo, o Cruzeiro não demorou a balançar a rede. E a jogada contou com um toque especial de Matheus Pereira, que conseguiu sua primeira participação de gol com a camisa de seu time do coração. Aos 19 minutos, o camisa 96 dominou a bola pelo lado direito e fez um lançamento na para a infiltração do volante Filipe Machado. Na ânsia de fazer o corte, a zaga do Bahia se precipitou e Kanu tocou de cabeça na saída ruim de Marcos Felipe. Um a zero para a Raposa e um Mineirão enlouquecido. Foi o segundo gol contra a favor da equipe estrelada em duas partidas.

Aos 32 minutos, o Cruzeiro chegou perto de ampliar, quando Matheus Jussa fez lindo desarme e Arthur Gomes foi lançado em velocidade. O camisa 19 partiu pela esquerda, cortou para o meio e bateu colocado, mas para fora, tirando um “uuuh” da torcida celeste.

Bruno Rodrigues carimba a trave

Cinco minutos depois, Matheus Pereira apareceu novamente com mais um grande passe. O meia puxou contra-ataque e deu lindo passe para Bruno Rodrigues, que ficou na cara do gol. O camisa 9 bateu colocado, mas carimbou a trave de Marcos Felipe, deixando o grito preso na garganta da torcida celeste. Pouco depois, foi a vez de Arthur Gomes fazer jogada individual e chutar para Marcos Felipe encaixar.

Antes do fim do primeiro tempo, aos 43, mais uma bela jogada coletiva do Cruzeiro. Após troca de passes, Lucas Silva lançou William em profundidade e o lateral deu ótimo passe para Bruno Rodrigues, que dividiu com Kanu e viu a bola se perder pela linha de fundo.

Matheus Pereira comandou o time no primeiro tempo, mostrando o futebol que tanto se esperava dele. Destaque positivo também para Neris e Matheus Jussa. O incansável Bruno Rodrigues, muito dedicado, também ajudou bastante na recomposição.

Cruzeiro atropela no segundo tempo

Atrás no placar, o Bahia voltou para o segundo tempo com mais ímpeto ofensivo, só que o Cruzeiro conseguiu segurar o ataque adversário e rapidamente ampliou o placar. Aos sete minutos, após erro de passe no ataque tricolor, Lucas Silva ficou com a bola, carregou e tocou para Arthur Gomes. O ponta viu a ultrapassagem de Marlon, jogada característica do lateral, e passou para o camisa 3, que cruzou fechado e Marcos Felipe aceitou aquele que seria o segundo gol celeste na partida.

Aos 11, o Bahia chegou com perigo pela primeira vez. Biel fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Everaldo, que cabeceou por cima do gol de Rafael Cabral.

Matheus Pereira queria muito jogo e aos 22 quase fez o seu gol. Arthur Gomes avançou pela esquerda e cruzou para o camisa 96, que, de peixinho, finalizou para a defesa de Marcos Felipe.

Bruno Rodrigues faz golaço

Aos 42 da segunda etapa, o golpe final do Cruzeiro. William avançou pela direita e com um passe lindo achou Bruno Rodrigues dentro da área do Bahia. O camisa 9 se antecipou à defesa do Bahia e tocou por cima de Marcos Felipe com muita, muita categoria. O time celeste anotava o terceiro do jogo e a torcida enlouqueceu: “Ah, eu tô maluco!”, pulsava o Mineirão.

Os cruzeirenses ainda gritaram alto o nome do camisa 9, um dos preferidos da torcida estrelada.

Tabela

Com a vitória, o Cruzeiro terminou a noite na 12ª colocação, com 37 pontos, podendo ser ultrapassado pelo Internacional, que visita o Vasco nesta quinta-feira (26). No momento, são sete pontos de vantagem para o Z4. O Bahia, por sua vez, foi ultrapassado pela Raposa, e encerrou a partida na 14ª posição. O Tricolor ainda pode perder mais posições, caso o Corinthians vença seu jogo.

Homenagem a Salomé

O Cruzeiro ainda promoveu uma bela homenagem para Dona Salomé, torcedora símbolo do clube, que faleceu em 2019. Ela completaria 90 anos no domingo (22) e, antes da partida contra o Bahia, O MC Das Quebradas, autor da música “Salomé e Pablito” esteve no gramado puxando a canção. A torcida celeste cantou MUITO alto.

O Raposão, por sua vez, correu com uma bandeira em homenagem àquela que sempre será um dos grandes símbolos do Cruzeiro.

Estatísticas de Cruzeiro x Bahia – 29ª rodada do Brasileirão

Posse de bola: Cruzeiro x Bahia
Finalizações (a gol): Cruzeiro x Bahia
Grandes chances: Cruzeiro x Bahia
Passes (certos): Cruzeiro x Bahia

Foto de Maic Costa

Maic Costa

Maic Costa nasceu em Ipatinga, mas se radicou na Região dos Inconfidentes mineiros. Formado em Jornalismo na UFOP, em 2019, passou por Estado de Minas, Superesportes, Esporte News Mundo, Food Service News e Mais Minas. Atualmente, é setorista do Cruzeiro na Trivela.
Botão Voltar ao topo