Brasileirão Série ABrasileirão Série BLado B de Brasil

Após o acesso, Brasil de Pelotas reformará o Bento Freitas e esta será sua nova cara

O Brasil de Pelotas reconhecidamente conta com uma das torcidas mais calorosas do país. E o ambiente no Estádio Bento Freitas ajuda bastante. O alçapão construído em 1943, que já recebeu até 24,2 mil fiéis nas arquibancadas, se torna um caldeirão nos jogos mais decisivos do Xavante. Entretanto, a tradicional casa mudará um pouco de aparência nos próximos meses. Logo após conquistar o terceiro acesso consecutivo, o segundo nacional, o clube rubro-negro anunciou a reforma e a reestruturação do estádio.

VÍDEO: A torcida do Brasil de Pelotas recepcionou o time em Porto Alegre e fez muita festa pelo acesso

O novo Bento Freitas não mudará muito a sua capacidade, indo dos atuais 21 mil para 20,4 mil lugares. Entretanto, ganhará mais espaço e melhores estruturas. Novas cabines de imprensa, novas áreas de administração, mais banheiros, mais bares e lanchonetes, além de um espaço VIP aos torcedores. E isso custará uma transformação significativa em seu formato. O anel inferior será reerguido, se tornando mais alto em relação ao nível do campo. Além disso, três dos setores receberão um segundo piso, com cobertura.

A promessa do Brasil é a de não fechar o estádio durante as reformas, que será feita por etapas. Primeiro, haverá a reforma do anel inferior, indo por partes das arquibancadas. Depois, mais três módulos, com os módulos do anel superior. E o cronograma de obras prevê que a primeira parte do serviço seja concluída ainda antes da Série B. Tudo para melhorar o conforto e a estrutura do velho Bento Freitas, sem perder a alma do famoso caldeirão.

brasil1 brasil2

Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo