Brasil

Botafogo deve ter a esperada estreia de Savarino contra o Sampaio Corrêa, pelo Carioca

Principal contratação do Botafogo até o momento, Savarino foi regularizado e pode atuar pelo clube; veja como ele pode jogar no time de Tiago Nunes

Depois da primeira derrota na temporada, o Botafogo vai ter novidades importantes para a partida contra o Sampaio Corrêa, neste sábado (27), às 16h (horário de Brasília), no Nilton Santos, pelo Campeonato Carioca. Principal contratação do clube até o momento para 2024, visto que Luiz Henrique ainda não foi anunciado, o atacante Jefferson Savarino foi regularizado e relacionado para o duelo válido pela quarta rodada da Taça Guanabara. Assim, o venezuelano, enfim, poderá estrear pelo Glorioso. E ele tem tudo para poder ser muito importante para o time de Tiago Nunes neste ano.

Ainda sem a confirmação da chegada de Luiz Henrique, do Real Betis, Savarino é a segunda contratação mais cara da história do Botafogo. O clube carioca pagou 2,7 milhões de dólares (R$ 13,1 milhões) pelo venezuelano, que fica atrás somente do volante Patrick de Paula nesta lista de reforços mais caros do Glorioso.

Savarino estava no Real Salt Lake, dos Estados Unidos, mas, antes disso, se destacou pelo Atlético-MG entre 2020 e 2021. No Galo, ele foi nome importante no time que fez história, conquistando o Campeonato Brasileiro e a Copa do Brasil no mesmo ano, em 2021. No Galo, foram 99 jogos, com 21 gols e 19 assistências.

E a passagem pelo Atlético-MG pode ajudar a entender como Savarino pode ser importante para o Botafogo a partir de agora. No Galo, o venezuelano se destacou atuando pelo lado direito do ataque, posição em que também atua na seleção da Venezuela. Ao lado de Keno e Hulk, formaram um trio de ataque poderoso, que foi essencial para o clube nas conquistas daquele ano.

– No Atlético, o Savarino jogou basicamente aberto pela direita, que é a posição dele mesmo. Quase nunca atuava ou caia pela esquerda, até porque tinha o Keno por lá. Ele atuou no esquema com três atacantes na maioria das vezes, com dos pontas. Pelas características dele, de ser rápido e habilidoso, não vejo ele em outra posição. E ele é um cara que tem drible longo, então precisa de espaço pra jogar, gosta muito de levar a bola pro fundo e cruzar ou tocar pra trás – analisou Alecsander Heinrick, setorista do Atlético-MG na Trivela.

Savarino pode atuar pelo lado direito e pelo meio no time do Botafogo (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

Na MLS, Savarino atuou com mais liberdade

No Real Salt Lake, Savarino encontrou um cenário diferente do Atlético-MG. Na MLS, o venezuelano era o principal destaque do time e atuava com muita liberdade no setor ofensivo, também caindo pelo meio e pela esquerda. Na última temporada, ele foi um dos pilares da equipe, com 11 gols e quatro assistências em 34 partidas, ajudando a levar o time a fase final da MLS. No total, foram 18 gols e 8 assistências em 54 jogos nos Estados Unidos.

Apresentado no Botafogo na última sexta-feira (26), o próprio Savarino também falou sobre como pode atuar com a camisa alvinegra.

– Sou um jogador que joga por fora ou por dentro, no ano passado joguei mais por dentro e pela esquerda. Essas são minhas características. Se tenho um companheiro ao meu lado, dou a bola para ele fazer o gol, mas também faço gols. A torcida do Botafogo pode esperar isso de mim, espero que a passagem seja muito exitosa – afirmou Savarino.

No Botafogo, Savarino vai usar a camisa 10, o que, é claro, não significa que ele vá atuar como um tradicional meia. Mas, questionado sobre a possibilidade de jogar no meio, o atacante deixou a questão em aberto.

– Temos um bom time, e a definição sobre onde eu posso jogar vai ser falando com o treinador. Só quero ajudar o time, que é o mais importante. Penso que, com o passar dos jogos, eu vou pegar o meu lugar – finalizou Savarino.

Botafogo pode ter mais novidades contra o Sampaio Corrêa

Além de Savarino, o Botafogo pode ter outra importante novidade contra o Sampaio Corrêa, neste sábado, no Nilton Santos. Contratado ainda no fim de 2023, o goleiro John, enfim, foi relacionado e pode atuar com a camisa do Glorioso. Ele já estava regularizado desde o começo da Carioca, mas sofreu um incômodo muscular e estava sem condições de jogo. Agora, pode ser testado pelo técnico Tiago Nunes.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor do Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo