Brasil

Da Bahia para o Botafogo: jovem lateral tem história entrelaçada com Júnior Santos

Contratado em fevereiro para o sub-20 do Botafogo, o lateral-direito Gueti é conterrâneo de Júnior Santos, principal destaque do clube em 2024

O que a pequena cidade de Conceição do Jacuípe, na Bahia, tem a ver com o Botafogo? Localizada a mais de 1.500 km do Rio de Janeiro, o município da região metropolitana de Feira de Santana, à primeira vista, está, literalmente, bem distante do time carioca. No entanto, dois personagens agora ligam a cidade de pouco mais de 30 mil habitantes – menor do que a capacidade do Nilton Santos – com o Botafogo: o primeiro deles é o atacante Júnior Santos, destaque do clube na temporada e atual artilheiro da Copa Libertadores. O outro chegou recentemente no clube e tem o camisa 11 como inspiração para também ver a sua estrela brilhar no Glorioso.

Trata-se do jovem lateral-direito Rodrigo Gueti, contratado recentemente para o time sub-20 do Botafogo. O garoto de 18 anos, conhecido como Gueti, é da mesma Conceição do Jacuípe de Júnior Santos. No Botafogo desde fevereiro, o garoto tem no conterrâneo uma inspiração para também despontar para o futebol.

– Júnior Santos é uma inspiração para todos nós da cidade. É um cara vencedor, a carreira dele fala por si. Passagens em grandes clubes do futebol brasileiro, jogou fora do país, então saber que um cara saiu da mesma cidade que nós e conseguiu ser vencedor nos motiva muito. Ele é um espelho e uma motivação para que a gente possa acreditar mais ainda e trabalhar pelo nosso sonho – afirmou Rodrigo Gueti.

E a história de Gueti e Júnior Santos não está entrelaçada apenas pela cidade natal e pelo Botafogo. Em 2018, quando o jovem lateral-direito ainda participava de campeonatos locais pela escolinha que jogada em Conceição do Jacuípe, Gueti teve a oportunidade de tirar uma foto com Júnior Santos. Naquela temporada, o atacante atuou por Ituano e Ponte Preta, quando se destacou para o futebol nacional. Agora, além de uma nova foto, que ainda não aconteceu, Gueti também sonha em poder jogar com o conterrâneo.

— Quando eu era um pouco menor tive a oportunidade de tirar uma foto com ele lá na nossa cidade, agora espero poder chegar no profissional e jogar junto com ele. Seria incrível, algo fantástico – disse Gueti.

Gueti é titular do time sub-20 do Botafogo (Foto: Arthur Barreto/Botafogo)

Como está a situação de Gueti no Botafogo?

Cria do Retrô, de Pernambuco, Gueti chegou ao Botafogo após se destacar na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Ele foi contratado em fevereiro, após a última Copinha, por empréstimo de um ano. O clube carioca poderá comprar 70% dos direitos de Gueti por R$ 700 mil.

Gueti já virou titular da lateral-direita o time sub-20 do Botafogo. Até o momento, foram onze jogos com a camisa alvinegra, com uma assistência. Além disso, ele também pode jogar como meia. Assim, Gueti falou sobre o seu estilo de jogo e também falou sobre os problemas da posição.

— Me considero um lateral bem equilibrado. Tenho um estilo naturalmente mais ofensivo, mas sei da importância e da necessidade de saber defender bem. A lateral hoje é uma posição muito complicada, passa por esse momento de mais dificuldades, então tento aprimorar ao máximo meu jogo nessa posição, acho que é muito importante – afirmou Gueti.

Gueti cita lateral brasileiro como referência da posição

Além de Júnior Santos, Gueti tem outra inspiração no futebol. Dessa vez, da sua própria posição. O jovem citou o lateral-direito Danilo, da Juventus e da seleção brasileira, como referência na função que exerce.

— Me inspiro muito no Danilo. Acredito que nosso estilo de jogo seja parecido, sou muito fã dele. É um líder, multicampeão, disputou Copa do Mundo, faz várias funções. Então, com certeza ele é a minha referência na posição – disse Gueti, antes de completar sobre os seus objetivos no futebol.

– Meu sonho é chegar no profissional, trilhar meu caminho no futebol. Já me considero um vencedor por ter chegado até aqui. Sabemos que não é fácil, é uma luta diária. Quero ser uma inspiração para os meninos da minha cidade, para todos aqueles que compartilham do mesmo sonho que eu. Essa é a minha vontade – finalizo o lateral-direito do sub-20 do Botafogo.

Foto de Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues

Gabriel Rodrigues é jornalista formado pela UFF e soma passagens como repórter e editor de Lance!, Esporte News Mundo e Jogada10.
Botão Voltar ao topo