Brasil

Augusto Melo faz pedido e mantém promessa: os detalhes da reunião áspera com organizada do Corinthians

Presidente do Corinthians, Augusto Melo pediu paciência e voltou a prometer reforços aos integrantes da Gaviões da Fiel

Presidente do Corinthians, Augusto Melo pediu paciência e voltou a prometer reforços aos integrantes da Gaviões da Fiel, principal torcida organizada do Timão.

Cerca de 40 membros da uniformizada invadiram o Parque São Jorge na tarde desta quinta-feira (27) para fazer fortes cobranças ao mandatário corintiano. 

Há uma grande preocupação com o desempenho esportivo do Corinthians, principalmente no Campeonato Brasileiro, onde a equipe venceu somente um dos 12 jogos disputados e está na zona do rebaixamento. 

Melo, que já havia falado com membros da Gaviões em protesto realizado na última sexta-feira (21), disse que após o dia 10 de julho, quando abre o período de mercado, o Timão apresentará contratações capazes de elevar o patamar da equipe para mantê-la na primeira divisão, o grande objetivo no momento. 

A conversa, que durou cerca de uma hora, foi acompanhada por policiais militares e profissionais da Tropa de Choque que foram acionados minutos após os torcedores invadirem a sede social do Corinthians. 

Antes, o mesmo grupo havia entrado sem autorização no CT Joaquim Grava, cortando algumas das grades laterais. Porém, com o elenco profissional de folga após o empate em 1 a 1 com o Cuiabá, que aconteceu na noite desta quarta-feira (26), o grupo mudou a logística e migrou para o Parque São Jorge.

Gaviões entrou no Parque São Jorge sem bater na porta

Os membros da organizada entraram na sede social corintiana sem pedir autorização. Para isso, pularam as catracas e quebraram algumas câmeras de segurança. Aos poucos, a administração do local pediu para os associados que estavam presentes evacuarem o ambiente. Os minutos foram de tensão.

Augusto Melo estava na sala dele, acompanhado de outros diretores, em uma reunião, quando foi interrompido pelos integrantes da Gaviões, que faziam barulho e chegaram a quebrar alguns vidros para ir até o andar onde fica o presidente corintiano. 

César Saad, delegado titular da Delegacia de Polícia de Repressão aos Delitos Esportivos (Drade), esteve no Parque São Jorge no fim do dia e afirmou que vai instaurar um inquérito para que esse tipo de situação não aconteça novamente. 

Gaviões “ignora” parte administrativa e quer melhorias em campo 

No diálogo, que foi bastante áspero de ambas as partes, Melo, exaltado, retornou a falar das dificuldades em colocar as coisas em ordem no Corinthians e novamente culpou as gestões anteriores pelo cenário encontrado na administração do clube. O mandatário corintiano ainda disse que os seus opositores estão jogando contra o trabalho que ele tem feito. 

Os membros da organizada entenderam e até aceitaram os argumentos de Augusto no aspecto administrativo, mas em todos os momentos reforçaram que o motivo da invasão era para cobrar providências do time no campo de jogo. A ideia era ter um papo olho no olho com os jogadores e membros da comissão técnica. 

Augusto Melo mostra contato por novo patrocinador máster

Em vídeo divulgado pela Central do Timão, Melo mostra o que seria o contato com uma nova empresa interessada em patrocinar a parte principal do uniforme corintiano, vago desde a saída da Vai de Bet, por conta das denúncias de irregularidade no repasse de comissão no contrato com o Corinthians.

Foto de Fábio Lázaro

Fábio Lázaro

Nascido em Santos, criado em São Vicente e entregue à São Paulo. Na Trivela desde junho de 2024, como setorista do Corinthians. Passagem pelo Lance! entre fevereiro de 2020 e maio de 2024, onde cobriu Santos e Corinthians. Por lá, também coordenou pautas e estratégias digitais. Atualmente, também é repórter na rádio 9 de Julho, comentarista no programa Esporte por Esporte, da TV Santa Cecília, e narrador freelancer.
Botão Voltar ao topo