Ásia/Oceania

Entre samurais e cangurus

Gamba Osaka e Adelaide United. Esta é a final da 27ª edição da Liga dos Campeões da Ásia a partir da próxima semana. Pela primeira vez, japoneses e australianos decidirão o principal campeonato interclubes do continente.

 O Gamba, um dos colossos do futebol nipônico nesta década, tem a oportunidade de manter o troféu na terra do sol nascente já que o Urawa Red Diamonds (eliminado nas semifinais pelo próprio Gamba), é o atual campeão. Já os ‘Reds’ desbancaram o badalado time uzbeque, Bunyodkor, de Rivaldo e Zico, e se tornaram o primeiro clube da Austrália a chegar a final da LC Asiática nesta que é apenas a segunda edição que participam.

O Adelaide já está garantido no Mundial interclubes da FIFA, em dezembro. Como país-sede, o Japão tem direito a uma vaga, que seria o campeão da J-League. Se o Gamba vencer a LC, os ‘Reds’ ficam com a vaga, já que seria o ‘representante do continente’.
Conheça abaixo, as ferramentas de cada um.

GAMBA OSAKA

Estádio: Osaka Expo´70, 21 mil pessoas

Histórico na LC: 2006 (Eliminado na fase de grupos)

Brasileiros: Mineiro (zagueiro, 26 anos, ex-Mamoré/MG e Internacional/RS), Roni (atacante, 31 anos, ex-Fluminense e Cruzeiro) e Lucas (atacante, 29 anos, ex-Atlético/PR)

Treinador: Akira Nishino, 53 anos, o mais completo técnico japonês da atualidade. Extremamente confiante e competitivo, mesmo não tendo a polpuda verba dos rivais Urawa Reds e Kashima Antlers, levou o time da ilha de Honshu a final da LC.

Como joga: É um ‘onze’ entrosado que atua junto praticamente desde a conquista da J-League 2005. Se destaca pela posse de bola, procurando asfixiar o adversário. Tem elementos rodados e com quilômetros de experiência nas pernas. Se dispersa em campo num 4-4-2 e tem como guia espiritual o meia-direita Yasuhito Endo.

Destaque: Yasuhito Endo, 28 anos, meio-campista. O ‘Beckham da Ásia’ tem sido o diferencial do time de Osaka na competição. Nas semifinais contra o Urawa Reds, participou de 100% dos gols. Na bola parada, é o jogador mais temido do território asiático.

Se fosse um (a) cantor (a) seria…
A Pitty. Cresceu numa das cidades mais antigas do país, passou os anos 90 ‘ralando’ sem sucesso e só explodiu nesta década.

Curiosidade…
Gamba em italiano significa perna. Em japonês, a palavra ‘Gambaru’ é algo como ‘Faça o seu melhor’.


ADELAIDE UNITED

Estádio: Hindmarsh Stadium, 16.500 pessoas

Histórico na LC: 2007 (Eliminado na fase de grupos)

Brasileiros: Alemão (lateral-direito, 26 anos, ex-Juventus/SP), Cássio (lateral-esquerdo, 28 anos, ex-Flamengo), Diego (meio-campista, 28 anos, ex-Columbus Crew e Miami/EUA) e Cristiano (atacante, 27 anos, ex-Willem II/HOL)

Treinador: Aurélio Vidmar, 41 anos, tem mantido sua equipe focada no objetivo estabelecido por ele de “chocar a Ásia”. Sua experiência européia como jogador (Holanda, Bélgica, Suíça e Espanha) é um ‘plus’ na sua bagagem em relação aos outros treinadores da competição. É um símbolo em Adelaide por sua trajetória nos clubes da cidade desde o extinto Adelaide City.

Como joga: Apresenta nítida inclinação defensiva com três zagueiros, dois laterais e quatro meio-campistas, deixando apenas o brasileiro Cristiano no ataque (joga assim até dentro de casa). Se caracteriza por levar pouquíssimos gols tanto na A-League quanto na LC, onde só tomou quatro.

Destaque: Travis Dodd, 28 anos, meia-atacante. Robusto e capaz de furar as defesas adversárias em rasgos diagonais. O capitão dos ‘Reds’ foi o primeiro aborígine a marcar um gol com a camisa da seleção australiana. Foi em agosto de 2006 contra o Kuwait pelas eliminatórias da Copa da Ásia 2007.

Se fosse um (a) cantor (a) seria…
A Joelma Mendes, do Calypso. Com um ritmo diferente, vindo de uma região afastada dos grandes concorrentes, roubou a cena e é recordista de fãs-clubes.

Curiosidade…
Apesar do assédio em cima do bom trabalho realizado pelo técnico Aurélio Vidmar, quem trouxe a grande maioria dos jogadores do plantel foi o ex-treinador John Kosmina, uma velha raposa do futebol australiano. Como ‘manager’ desde a fundação do clube em 2003, Kosmina coordenou todas as operações de mercado dos ‘Reds’ até 2007. Romário teve passagem relâmpago pelo clube, em 2006..

 

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo