Ásia/Oceania

Comemoração de gol com mosaico humano? Tinha que ser no Japão

Koji Nakajima não é um dos protagonistas do Sanfrecce Hiroshima, mas tem grande influência sobre o elenco. O meio-campista foi uma das lideranças na campanha rumo ao título do Campeonato Japonês em 2012. E, neste ano, aos 36 anos, já anunciou que irá pendurar as chuteiras ao final da temporada. Motivo para receber uma grande homenagem de seus companheiros neste final de semana.

O Sanfrecce bateu o Shonan Bellmare por 1 a 0, gol de Toshihiro Aoyama. E os jogadores dos violetas exageraram na comemoração. Deitaram no gramado do Estádio Edion para formar o 35, número de Nakajima. O melhor do resultado é que reforça a posição do clube de Hiroshima na busca pelo bicampeonato da J-League. Com os resultados da semana, a equipe assumiu a vice-liderança, dois pontos atrás do Yokohama F. Marinos, a uma rodada do fim.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo