América do SulSul-Americana

[Vídeo] O Santa Fe passou o trono da Sul-Americana à Chape com um baita mosaico

O Independiente Santa Fe teve uma generosidade imensa diante da tragédia com a Chapecoense. Os atuais campeões da Copa Sul-Americana se prontificaram a doar a sua réplica do troféu da competição aos catarinenses, antes mesmo que a Conmebol se posicionasse oficialmente sobre a questão. Já neste sábado, os torcedores dos Cardenales foram além. Os alvirrubros receberam o Independiente Medellín no Estádio El Campín, no segundo jogo das quartas de final do Clausura Colombiano. E o tributo aos brasileiros contou até mesmo com mosaico.

“É uma honra entregar o trono ao maior campeão. Força à torcida da Chapecoense”, dizia a faixa. A montagem mostrava um retângulo branco, com um laço negro em sinal de luto. Já em campo, os jogadores das duas equipes soltaram balões brancos e verdes aos céus, enquanto uma outra mensagem circulava: “Procuramos o mesmo sonho. Essa taça também é de vocês”. Também com balões, a torcida gritou o tradicional ‘Vamo vamo Chapê’. Quando a bola rolou, os torcedores aproveitaram o 71° minuto do jogo para relembrar as 71 vítimas da tragédia, acendendo luzes brancas nas arquibancadas.

Merecidamente, o Santa Fe avançou às semifinais do Clausura. Após ter vencido a ida em Medellín por 2 a 1, fez 2 a 0 em Bogotá. Leyvin Balanta e Yeison Gordillo marcaram os gols. Os Cardenales usaram braçadeiras negras com o escudo da Chape, enquanto o Independiente Medellín o levou na camisa, no lugar do patrocinador.

Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo