América do Sul

Uma rodada de golaços no Colombianão para nos lembrar a boa fase do futebol do país

O futebol colombiano vive boa fase no âmbito continental. O Atlético Nacional tem sido presença constante na Libertadores, chegou perto  de ser campeão da Sul-Americana do ano passado e agora, nesta temporada, lidera sua chave na principal competição do continente. A seleção do país também conseguiu montar um time forte, e tecnicamente parece haver uma melhora significativa em relação aos anos anteriores. Prova disso são esses dois golaços na rodada do fim de semana do Colombianão.

VEJA TAMBÉM: Bayern abandonará listras na camisa. Veja os supostos novos modelos

O primeiro deles foi marcado por Rafael Santos Borré, no empate por 2 a 2 do Deportivo Cali contra o líder Independiente Medellín. O gol foi o segundo do Cali, mas para o azar de Borré seu tento acabou não fechando o caixão da melhor equipe da competição. Já o segundo, marcado por Gilberto García, o “Alcatraz”, foi essencial para o triunfo do Atlético Nacional contra o Jaguares. Foi o único gol do duelo e veio no fim do primeiro tempo, um dos melhores momentos para se marcar um tento em meio a um jogo difícil. Seria essa uma prévia para o jogo decisivo da próxima semana contra o Libertad?

Empatado com os paraguaios em oito pontos no Grupo 7 da Libertadores, a partida final da chave poderá definir vaga, afinal o Estudiantes, que pega o Barcelona de Guayaquil, vem logo atrás, com sete. Contar com o pé de García calibrado desse jeito pode valer a sequência no torneio.

O golaço de Rafael Borré, do Cali:

A pintura de falta de Gilberto García, do Atlético Nacional:

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo