Libertadores

Atual campeão ou penta: o caminho do Grêmio caso avance às oitavas da Libertadores

Ainda com dois jogos a fazer, Tricolor Gaúcho pode pegar Fluminense ou Peñarol - se passar de fase na Libertadores

Fora da zona de classificação da Libertadores, o Grêmio ainda tem mais duas partidas para poder confirmar se irá ou não às oitavas de final da competição.

As partidas adiadas pela tragédia no Rio Grande do Sul não impediram a Conmebol realizar o sorteio do mata-mata nesta segunda-feira (3), e o Imortal conheceu aqueles que podem ser os adversários caso avance às oitavas, disputadas nos dias 14 e 21 de agosto.

Se terminar em primeiro no grupo C, o Grêmio enfrenta o Peñarol, pentacampeão da Libertadores, que terminou em segundo na chave G, a mesma do Atlético-MG. Esse mesmo lado da chave possibilita o confronto com o Flamengo nas quartas, e São Paulo, Botafogo ou Palmeiras em uma possível semifinal.

Caso termine em segundo, o caminho aponta para o Fluminense, líder invicto do grupo A e atual vencedor da América. Neste lado da chave, tem chance de encontrar o Galo nas quartas e o River Plate na semi.

Para definir seu futuro, o Tricolor visita o Huachipato já nesta terça-feira (6), no Chile, pela 5ª rodada. Caso perca, o clube gaúcho estará eliminado e vai para a Sul-Americana — assunto abordado abaixo.

Vitória ou empate o deixa vivo para o jogo final, contra o Estudiantes, no sábado (8), em casa.

Seja Flu ou Peñarol, o time de Renato Gaúcho entende que terá adversário complicado, apesar de ser melhor pegar os uruguaios.

Peñarol provou ser competitivo nos jogos contra Galo

Em grupo com Caracas, um time muito abaixo, e Rosario Central, outro que não vive os melhores momentos, o Penãrol tinha que se provar contra o Atlético — e realmente conseguiu.

Na Arena MRV, apesar de pouco mais de 50 minutos de domínio brasileiro, o Carbonero mostrou um ótimo poder de reação para marcar duas vezes e quase transformar o 3 a 0 contra em um histórico empate.

O quase empate do primeiro jogo, que não aconteceu por pouco, deu incentivo para os uruguaios ganharem a volta. Pouco com a bola, foi muito efetivo e poderia ter terminado até com mais do que 2 a 0.

O vacilo do Peãnrol foi uma derrota para o Rosario, na Argentina, o que impediu a equipe de lutar pela liderança da chave.

Vice-campeão do Uruguai em 2023, os comandados por Diego Aguirre fechou o Apertura de forma invicta, com 13 vitórias e dois empates em 15 rodadas.

O Clausura será disputado no segundo semestre, dando um período de descanso aos uruguaios enquanto os clubes brasileiros ainda jogam.

Mal no Brasileirão, invicto na Libertadores: Fluminense vive instabilidade

O possível adversário do Grêmio tem duas facetas nesse momento da temporada. Na Libertadores, é ótimo: invicto, quatro vitórias e dois empates, nove gols marcados e apenas cinco sofridos – apesar de ainda mostrar dificuldade longe do Maracanã.

No Brasileirão, por outro lado, o Fluminense faz campanha bizarra. Após sete rodadas, soma apenas seis pontos. Mais do que isso, joga mal, comete muitos erro na saída de bola e especialmente na recomposição defensiva.

Frágil na defesa, não conseguiu segurar um jogo sem sofrer gol, já são 13 sofridos. Nem em casa, contra o Juventude, que não jogava há um mês, venceu. Ficou no 1 a 1 novamente com falha de Fábio na saída.

A ver se o cenário muda até agosto.

Grêmio também pode parar na Sul-Americana

Ainda há a possibilidade do Tricolor Gaúcho jogar a segunda competição da América do Sul. Para isso, teria que perder para o Huachipato e não deixar o Estuadiantes vencer — nesse cenário, em caso de vitória dos argentinos, o Grêmio seria o lanterna.

Em um possível playoff da Sul-Americana, o Grêmio enfrentaria algum time que terminou em segundo, podendo ser desde o Always Ready até o rival Internacional.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Nascido e criado em São Paulo, é jornalista pela Universidade Paulista (UNIP). Já passou por Yahoo!, Premier League Brasil e The Clutch, além de assessorias de imprensa. Escreve sobre futebol nacional e internacional na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo